13.12.17

Em clima de reunificação Conselho se reúne, traça planos e meta de 150 integrantes


O Conselho Deliberativo do Mixto se reuniu na terça-feira dia 12 para dar prosseguimento à sua reestruturação, iniciada no dia 29 de novembro quando elegeu o novo presidente, o advogado Eduardo da Costa e Silva juntamente com o novo conselho fiscal (veja no link: https://goo.gl/SruXqR). 

Com cerca de 50 integrantes presentes, o debate versou sobre a necessidade de ser ter um conselho forte, que fiscalize, mas que também seja proativo, como destacou o presidente.

- O objetivo nosso é um conselho que vai fazer o que estatuto determina, ou seja, fiscalizar e cobrar, mas também será um conselho proativo, com profissionalismo, que assessore as ações da diretoria executiva – destacou Costa e Silva.

Diversos integrantes tomaram a palavra para defender a necessidade de todos remarem para o mesmo sentido, deixando as desavenças de lado. Destaque para a intervenção do ex-presidente Zé Luis Paes de Barros, que ao declarar apoio ao novo momento explicou porque renunciou da presidência do órgão deliberativo mixtense.

- A união se transformou em desunião. Desorganização. Por isso renunciei, não conseguíamos mais reunir o conselho por conta das vaidades pessoais, isso tem que ser superado. Temos que chamar todos que contribuíram ou que podem contribuir para somar novamente e não descartar, fazer o que fizeram por exemplo com o Breno, com o Hélio Machado, com o Márcio Pardal, pessoas que ajudavam e foram isolados. Se não unirmos não vamos chegar em lugar nenhum – desabafou Zé Luis.

O grande trunfo da nova gestão comandada por Eduardo da Costa tem sido exatamente o clima de reunificação, com um plenário participativo. 

- O Mixto tem que ser democrático, participativo, ouvir a todos e aceitar perder quando sua opinião não for maioria. Mas todo mundo tem que somar. O interesse coletivo tem que estar acima do interesse individual -.

E defendeu a necessidade de publicizar as ações da gestão mixtense.

- A palavra de ordem vai ter que ser transparência. Se tivermos isso poderemos construir um projeto a médio e longo prazo, e apagar alguns incêndios. Não existe futebol em Mato Grosso se não tiver o Mixto. O dia que o Mixto aplumar, apluma o Dom Bosco, apluma o União e a turma da fronteira vem com tudo para cima da gente – afirmou empolgado o presidente, que já integrou a diretoria da antiga torcida organizada Massa Negra, nos anos 80.

A reunião combinava experiência com juventude. A assembleia contou com a presença do secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Cuiabá, Francisco Vuolo, e o vereador pela capital Sargento Joelson, além de ex-secretários de governos. Estavam presentes desde os novos conselheiros empossados no dia 29 de novembro até ex-dirigentes históricos como Orlando Craici e o atual investidor da base, o empresário e agropecuarista Mário Cândia.

A meta estabelecida é atingir 150 conselheiros pagando uma contribuição mensal de R$ 100,00 e deliberar um projeto de reestruturação do clube.

Ao homenagear seu pai presente na reunião, lembrando que ele o ensinou ser mixtense, Eduardo disse que é preciso combinar saudosismo com profissionalismo, valorizar os que no passado construíram o Mixto mas mirar também para o futuro. 

- Com credibilidade ninguém segura o Mixto. Onde o Mixto pode chegar, não sei. Mas sei que estamos começando e temos sim condições de chegar numa série A e numa série B – concluiu Eduardo.

Fonte: Fábio Ramirez/Mixtonet. Fotos: Assessoria Mixto EC/Site Oficial
13/12/2017

17 comentários :

ADILSON disse...

ISSO AÍ MEU MIXTO, MEU POVO, MINHA VIDA

Júnior disse...

Isso mesmo a palavra é unificação. Torço para as coisas fluam no mesmo caminho para ressurgimento do mais querido. Que Deus abençoe a todos nós mixtenses.

Anônimo disse...

na proxima 1kg de carne e 1cxinha por cabeça.

Moacir disse...

De urgente, o Mixto precisa simplesmente chegar à Série D do Brasileirão. Para isto precisa buscar investimento para montar um time acima da média do que tem sido na Copa FMF e no Campeonato Estadual. O Conselho precisa usar sua influência para trazer patrocinadores e apoiadores. O site do clube precisa melhorar para dar visibilidade aos patrocinadores. Com transparência e seriedade é bem mais fácil captar patrocínio. Empresas patrocinadoras precisam que o clube apresente relatório contábil, o que não acontecia no Mixto em gestões anteriores, conforme nos disse um gerente de empresa que queria patrocinar o Mixto, mas só não o fazia porque a presidência do clube não apresentava relatório contábil. Acima de tudo, as organizadas do Mixto precisam também se organizar mais e melhor e continuar crescendo, mesmo na crise ou até mesmo porque há crise.

paulo disse...

varios torcedores gostariam de colaborar mas o socio torcedor precisa funcionar de fato e o mixtao precisa abrir um loja pra atender a sede da torcida por camisas e coisas do clube mais querido

Anônimo disse...

Tem que pensar grande e parar com esmolas parece que nós mixtenses não temos noção do tamanho do mixto, esse negócio de $100,00 por pessoa é cômico, tem que ser muito mais é em troca dá ingressos para os doadores, vender patrocínio com valores justos e não ficar trocando patrocínio em cesta básica.
Pesquisa aponta que o mixto é terceira marca de MT mais conhecida, só perdendo pra o governo do estado e pra o grupo Amaggi.
Então planejamento e união em prol do mixtão.
Elizeu Gomes mixtense roxo

Mixtense Araés disse...

Todos achamos esta reunião muito importante, que agora venham os desdobramentos e esperamos ficar informados todos os dias

Duilio Guimarães disse...

O jantar segunda-feira na Acrimat vai ter algum show? A diretoria vai se pronunciar? Os conselheiros vão se pronunciar?

Gonçalo disse...

Tem razão o presidente do Conselho em juntar memória e profissionalismo. Tomara que este profissionalismo seja foco no Mixto daqui pra frente. VAI MIXTO!

Wagton disse...

No Mixto precisam atualizar as informações sobre o que acontece mais rápido. O campeonato mato-grossense começa já no dia 17 de janeiro e é preciso agilidade e mais agressividade

Sebastião Leite disse...

Essa iniciativa do novo presidente do conselho deliberativo do Mixto, é bastante interessante tomará que ele consiga colocar em prática sua iniciativa.

Sebastião Leite disse...

É bastante interessante essa iniciativa do novo presidente do conselho deliberativo do nosso Mixto, em unir a todos os conselheiros.

MARCO ANTÔNIO disse...

TORCIDA FANÁTICA DO MIXTÃO
https://www.youtube.com/watch?v=7XybwjbQirw

TORCIDA FANÁTICA DO MIXTÃO
https://www.youtube.com/watch?v=vCziOTu3gqU

POR ISSO QUE TODA MINHA FAMILÍIA E AMIGOS SOMOS MIXTENSES (EXCETO UM QUE É DOMBOSQUINO)

Afonso disse...

Tudo o que tem sido dito aqui é importante sem dúvida alguma, mas concordo com o Moacir que urgente é chegar ao Brasileirão

Anônimo disse...

Marco Antônio eu estavo vendo esses vídeos muito 10 se o mixto estivesse mantido o ritmo com certeza hoje estaríamos na série B , com casa cheia na arena . O mixto é muito forte, não pode ficar desse jeito.

ELSON SANTANA disse...

O mixto é grande para ficar nessa situação , vendo esses vídeos no YouTube fica claro a grandeza do mixto esporte clube, a sua torcida é apaixonada, não podemos ficar só disputando estadual isso não cresce ninguém . O mixto tem que voltar a disputar campeonato nacional .
No ranking de 2017 cairmos muito o mixto não merece isso.
O mixto é grande a sua torcida é gigante.
Temos por obrigação de fazer um grande time para ser campeão, eu tenho certeza se o time for guerreiros a torcida volta a fazer o espetáculo na arquibancada.
Mais tem que ter time bom .
Mixto orgulho de MT.

ELSON SANTANA.

Wagton disse...

No Face do Mixto tem link para páginas dos adversários locais. O Mixto tem torcida, o que outros clubes não têm, mas o marketing do Mixto, com total complacência da diretoria e da presidência, usa o Face do Mixto para dar espaço e audiência pros adversários diretos, o que é completamente sem noção, sem respeito, sem sabedoria, sem comprometimento dentro do clube. Ingenuidade ou sabotagem, nenhuma das duas coisas interessa ao Mixto. Quem se responsabiliza por isto? Falta transparência, falta profissionalismo. Muda, Mixto, mas não fique mudo, pois quem tem torcida 'boca suja' tem que falar mesmo, e graças à torcida o Mixto continua combativo.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!