8.12.17

Souzinha: "projeto é usar o máximo de atletas da base e contratar algumas peças pontuais"


Diretoria planeja contratação de seis a oito reforços
Hélio Machado, diretor de futebol durante a Copa FMF, e o técnico Souzinha
Com atletas da base, Mixto inicia a preparação para o Campeonato Mato-grossense 2018. O atual elenco conta com jogadores Sub-21, que atuaram na Copa FMF, alguns do Sub-19 também devem ser utilizados no elenco profissional. A diretoria Alvinegra manteve o técnico Souzinha no comando da equipe.

A pouca receita nos cofres, fará com que o clube tenha uma folha salarial modesta. O planejamento da diretoria é de contratar de seis a oito jogadores experientes para compor o elenco ao lado dos atletas vindo da categoria de base. A equipe Sub-21 do Alvinegro fez uma campanha irregular na Copa FMF, mas chegou a semifinal contra o Dom Bosco após o União ser punido pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MT), e perder nove pontos por infringir o regulamento da competição e escalar seis jogadores não profissionais.

- A nossa equipe está passando por um processo de reformulação. O projeto é usar o número máximo de atletas da base e contratar algumas peças pontuais para termos um elenco forte. Sabemos que a atual fase que o clube vive é difícil, mas a diretoria está trabalhando com os pés no chão e isso mostra que estamos no caminho certo - destacou o treinador

O técnico Souzinha chegou ao clube durante a disputa da Copa FMF deste ano, e vai comandar o Tigre no Mato-grossense 2018. Ele terá a missão de colocar novamente o Mixto no papel de protagonista no cenário estadual, já que o planejamento da diretoria é brigar pelo título.

Na temporada de 2018 o Mixto irá disputar dois campeonatos: o Campeonato Mato-grossense no primeiro semestre a Copa FMF no segundo.

Fonte: Derik Bueno e Olímpio Vasconcelos/Globo Esporte. Foto: Mateus Garcia/Olhar Esportivo
08/12/2017

1 comentários :

Gonçalo disse...

Chega de discurso de modéstia no Mixto. Parece o discurso da época do ex-presidente que está de volta como diretor de futebol. Com esse discurso de volta, a presidência do Mixto precisa achar novo diretor. Com a antiga presidência, o Mixto não foi a lugar algum. Diretor vencedor não fica com esse discursinho de jogar pra participar. O problema do Mixto é que algumas pessoas ligadas ao clube parecem não ter vergonha alguma de perder jogo e parecem muito satisfeitas em ocupar espaço para não fazer nada pelo clube, com a devida aceitação e silêncio por parte dos conselheiros e da torcida.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!