Mixto denuncia Cuiabá por escalação irregular e procuradoria do TJD-MT analisa


A primeira fase da Copa FMF chegou ao fim pelo menos dentro de campo. Agora, começa uma nova etapa: no tribunal. O Mixto entrou com uma representação junto à procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MT) contra o Cuiabá. O Alvinegro afirma na denúncia, que o Dourado escalou de forma irregular o jogador Sávio Gabriel, e pede ao clube Auriverde a perda de 30 pontos, o que deixaria o Cuiabá fora da disputa da Copinha. 

A denúncia, alega que o jogador teria sido expulso na partida entre Cuiabá e Poconé, pela primeira fase do Campeonato Mato-grossense Sub-19, mas que não tenha cumprido a suspensão. Como consta no processo nº54/2018, após ser expulso, o atleta foi julgado pela 1ª Comissão Disciplinar Desportiva do TJD-MT, que determinou que Sávio deveria cumprir dois jogos de suspensão.

O jogador Sávio foi julgado após o término do competição, o que fica determinado que o atleta deve cumprir a suspensão em uma outra competição oficial. A estreia do Cuiabá na Copa FMF 2018, foi contra o Dom Bosco, no dia 26 de setembro, e jogador estava relacionado para a partida. 

O Cuiabá deve perder os pontos?

Após o recebimento, a procuradoria deve analisar e decidir se acata ou arquiva a denúncia. Se for acatada, o processo se encaminha para o TJD-MT, que vai montar uma comissão, decidir o relator e marcar o julgamento, para dar o parecer se o Cuiabá deve ou não perder os pontos. Por conta do processo, a fase de semifinal da Copa FMF pode ficar paralisada até o julgamento deste caso. 

Fonte: Derik Bueno/RD News
07/11/2018