Yago: "Esse gol me dará mais confiança". Pesso: "semana será com foco na Copa do Brasil". Dinelson: "vamos usar a vitória para nos dar força para enfrentar o Chapecoense"

Yago marcou o segundo gol do Alvinegro na vitória por 3x0
Em noite inspirada, o Mixto Esporte Clube goleou o Operário LTDA por placar de três a zero, com gols de Dinelson Lima, Yan Nascimento e Yago Silva, no sábado (23.02), na Arena Pantanal, e garantiu três pontos, subiu à 4ª posição na classificação e está no G4. Agora se concentra para encarar o Chapecoense-SC pela Copa do Brasil.

“Conseguimos efetuar as jogadas que treinamos a semana toda. Esperávamos ter esse resultado. Era para termos feito mais gols, mas fizemos um bom jogo e creio que cumprimos nossa meta. E vamos usar a vitória para nos dar força e confiança para enfrentar o Chapecoense. Sabemos que será difícil e que nós seremos de novo a zebra, mas vamos aumentar a pegada e o nível físico para encará-lo”, diz Dinelson Lima (ex-Corinthians, ex-Portuguesa e ex-Atlético-MG). 

O Alvinegro jogou o primeiro tempo inteiro em cima do Operário LTDA. Manteve a posse de bola, trocou muito passe, tanto no ataque quanto na defesa, envolveu o oponente, criou situações que poderiam ter gerado até cinco gols, abriu o placar com golaço de Dinelson Lima e mostrou qualidade técnica. E foi para o segundo tempo claramente superior, criou ainda mais chances de gol, finalizou melhor e fez mais dois para fechar o placar nos três a zero. 

“Fiz o segundo gol da partida, Graças a Deus! A torcida estava pegando no meu pé e o gol pôde mostrar um pouco do que vim fazer no time. Esse gol me dará mais confiança e ânimo para jogar. Teremos uma semana de preparação bem cheia para encarar o Chapecoense. Vamos treinar finalização e nos aprontar para entrar forte e buscar um resultado positivo”, disse Yago Silva (ex-Vasco, ex-Seul da Coreia, ex-Minesota dos EUA, ex-Al-Tadamon do Kuwait e ex-CSA-AL). 

O segundo tempo teve três substituições: Mateus Guerreiro saiu para entrar Yan Nascimento, Yago Silva saiu para entrar Renan Neves e Rodrigo Biro teve uma luxação no ombro e saiu para entrar Caio Santos. Posteriormente, Caio teve uma possível lesão no joelho e precisou sair carregado pelos enfermeiros nos últimos três minutos. Mixto terminou a partida com um atleta a menos e com placar de três a zero. Está com seis jogos, três vitórias, um empate e dez pontos. 

“Nossa equipe mostrou estar muito bem fisicamente. Tivemos volume de jogo, fomos dominantes, sufocamos o adversário e alcançamos os dez pontos. Todos os jogadores estão de parabéns! E o resultado praticamente encaminha nossa classificação à próxima fase do estadual. Agora brigamos para saber em qual posição nos vamos avançar. Mas a próxima semana será com foco na Copa do Brasil, pois teremos um oponente de Série A”, avalia o treinador, Toninho Pesso. 
Toninho Pesso dedica semana para pensar na Chapecoense
Copa do Brasil 

O Mixto pegará o Chapecoense-SC pela 2ª rodada da Copa do Brasil, no dia 06 de março, às 20h30, com o primeiro lote de ingressos por R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) no Setor Norte e R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia) no Setor Oeste, camarotes por R$ 80,00 por pessoa, na Arena Governador José Fragelli (Arena Pantanal), em Cuiabá. Com pontos de vendas físicos na Tube Surf e nas Drogarias Baixo Custo e pela internet no site www.ingressosmt.com.br. 

Parceiros 

O Mixto tem apoio do Sistema de Crédito Cooperativo – Sicredi, Unimed Cuiabá, Fort Atacadista, Zaeli Alimentos, Rede de Hotéis Mato Grosso e Cuiabá 300 Anos. E o Campeonato Mato-grossense é patrocinado pela empresa Eletromóveis Martinello. Mais informações sobre o Tigre na página do clube no Facebook. 

Fonte: Junior Martins/Assessoria Mixto
26/02/2019