Pedro Lima/Olhar Esportivo

Mesmo com baixo orçamento no Mixto, Gianni Freitas aceita desafio no Mato-grossense 2020
Foto: Atahide Mello - Olhar Esportivo

O Mixto Esporte Clube definiu na semana passada o técnico para o Campeonato Mato-grossense 2020. Gianni Freitas segue no Tigre da Vargas, com um grande desafio pela frente. Ele comandou a equipe na Copa FMF 2019, chegando até a semifinal.

Gianni é conhecedor do futebol mato-grossense. Foi preparador-físico no Luverdense e técnico em diversos clubes, como Mato Grosso, Operário-MT, Dom Bosco, Mixto, Cacerense e Sinop, geralmente com baixos investimentos, mas com resultados satisfatórios. Ele já foi campeão da Copa FMF pelo Dom Bosco em 2015, além de vice-campeão pelo Mixto em 2016 e pelo Azulão em 2018. Em 2016, levou o Dom Bosco até a segunda fase da Copa do Brasil, sendo eliminado pelo Athlético-PR.

“Satisfação que a gente recebe o convite do Mixto para permanecer. Fui procurado pela diretoria mixtense e eles me informaram o quão grande é o desafio para 2020. Montar uma equipe com os pés no chão, caseira, muito jovem, mas diante disso, conversei com minha família, preferi ficar aqui. Tinha algumas outras propostas, não muitas, mas existiam. A pedido da família vou permanecer junto deles e aceitar esse desafio”, disse o técnico Gianni Freitas.

De acordo com ele, é um grande desafio na carreira dele, tanto para o clube, pois a Primeira Divisão do Campeonato Mato-grossense 2020 deve ser um divisor de águas, na busca por uma boa colocação, visando honrar a camisa Alvinegra.

“Realmente será um desafio grande, acredito que o estadual 2020 do Mixto deve ser um divisor de águas. Mas fico feliz pela atitude da diretoria, honesta, sincera, de saber as suas limitações, não dar um passo maior que a perna, com intuito único de honrar com os compromissos. Isso para o nosso futebol é um grande avanço”, destacou Gianni ao Olhar Esportivo.

Com pouco investimento pela falta de recursos, a equipe deve ser formada por jovens atletas mato-grossenses, alguns que permanecerão da Copa FMF, do Sub-19, além de alguns empréstimos de outros clubes do estado. A presidência mixtense mostrou interesse em jogadores que não serão aproveitados pelo Cuiabá.

“Sabemos das dificuldades, mas também sabemos do potencial dos garotos que virão e confio no meu potencial. Mais uma vez, pretendemos fazer um campeonato digno, qual nós possamos ir o mais longe possível”, completou o técnico Gianni Freitas.

A expectativa para o início da pré-temporada é para o dia 5 de dezembro. A estreia do Mixto no Estadual está marcada para o dia 21 de janeiro, às 20h10, contra o União, no estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis.