Toninho Pesso revela contato do Mixto para o Estadual 2020: "estamos conversando a possibilidade"

Treinador: Mixto tentou Odil, tem dúvidas sobre Gianni e faz contato com Toninho Pesso
Fora de Mato Grosso e longe do Mixto Esporte Clube, atuando em Goiás, o ex-comandante do time de Cuiabá, Toninho Pêsso, não escondeu o desejo de voltar. E revelou, ao Só Notícias, que já teve uma conversa com o presidente Walter Hudson Fernandes, estudando orçamento e aguarda posicionamento para decidir se volta ou não ao futebol mato-grossense ano que vem.

“Tenho quatro passagens pelo Mixto, fui campeão depois de oito anos. Nunca nenhuma equipe tinha sido campeã na Arena Pantanal, nunca tinha eliminado uma equipe de Série A do Brasileiro na Copa do Brasil”, disse referindo-se a vitória por 1 a 0, sobre o CSA de Alagoas, que deu acesso à segunda fase da competição nacional. “Tenho um história no clube, estamos conversando a possibilidade, sempre estarei pronto para trabalhar no Mixto”, acrescentou.

Toninho tem a seu favor o fato de ter montado e comandado o time no título da Copa Mato Grosso no ano passado, além de ter levado a equipe até a segunda fase da Copa do Brasil deste ano, sendo eliminado pela Chapecoense.

A conversa coloca em pauta a permanecia do técnico Gianni Freitas. Há uma ala que defende a permanência do treinador, que foi contratado no segundo semestre para levar o clube a conquista da Copa FMF. Porém, o time foi eliminado na fase semifinal pelo Luverdense.

Na abertura do Estadual, o Mixto vai encarar União de Rondonópolis, em 21 de janeiro, no estádio Luthero Lopes.

O Mixto chegou a sondar também o técnico Odil Soares, mas o Dom Bosco, por outro lado, já está se articulando para o Estadual da Série A e renovou o contrato do treinador.

Fonte: Só Notícias/David Murba - Edição Mixtonet