Câmara Municipal aprova emenda para destinar R$ 500 mil ao Mixto e Dom Bosco

0
Oliveira Júnior/Jornal A Gazeta

Walter e Gianni com atletas do elenco 2020
Presidente Walter e técnico Gianni recepcionam primeiros atletas do elenco 2020. Foto: Jornal A Gazeta
Os dois clubes mais antigos e tradicionais do futebol mato-grossense, Dom Bosco e Mixto, ganharam um alento as vésperas do início da temporada/2020. Na última sessão do ano a Câmara Municipal de
Cuiabá aprovou duas emendas no orçamento do município para o próximo ano que preveem a destinação de R$ 250 mil para cada um dos clubes da Capital. As emendas foram de autoria de dois vereadores, Sargento Joelson (PSC) e Vinícius Hugueney (PP).

O dinheiro, que ninguém ainda sabe explicar como será pago, chega em boa hora, pois as duas agremiações sofrem com a falta de recursos e patrocinadores.

“Foram sete emendas coletivas e duas delas tratam desse apoio a Dom Bosco e Mixto”, disse o presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Misael Galvão, na manhã de domingo.

Questionado sobre a maneira que o repasse será feito aos clubes profissionais, se os valores serão parcelados ou pagos de uma vez, o vereador disse que caberá agora à Prefeitura decidir sobre isso.

“Isso é com a Prefeitura, a Câmara só aprovou por unanimidade esse repasse”, disse o presidente.

A Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2020, aprovada pelos vereadores terá um acréscimo de mais de R$ 700 milhões. Além dos R$ 250 mil para Dom Bosco e Mixto a última sessão do ano ainda aprovou uma emenda no valor de R$ 315 mil para a Câmara Municipal custear uma corrida de rua, a 3ª Corrida do Legislativo.

Luverdense: O valor a ser pago aos dois clubes da capital é menor que o Luverdense receberá da Prefeitura de Lucas do Rio Vede. No começo de dezembro os vereadores da cidade do Norte do estado aprovaram a destinação de R$ 1,5 milhão para o Luverdense Esporte Clube. Os recursos da emenda representam um dia de arrecadação da cidade, que tem um orçamento de R$ 361 milhões.