Everton Goiano diz que Mixto precisa melhorar e defende respeito ao time do Remo


Pés no chão: Éverton Goiano prefere ‘ignorar’ vantagem de dois gols para o jogo decisivo em Belém. Técnico prega humildade ao duelo de volta
Lateral Ley disputa bola com jogador remista na vitória do Tigre por 2 a 0 (Foto: Marcus Vaillant)
Satisfeito com a vitória de 2 a 0 sobre o Remo, o técnico do Mixto, Éverton Goiano, retoma hoje os treinos em preparação à partida de volta do mata-mata das oitavas de final e terá trabalho dobrado. Além de arrumar a equipe para o jogo decisivo em Belém, o comandante alvinegro quer conscientizar o elenco da necessidade de manter os ‘pés no chão’.

Ainda não ganhamos nada. Estamos felizes pelo resultado que obtivemos, mas a classificação ainda está aberta. O Remo tem um bom time e fará de tudo para reverter o quadro. É preciso ter humildade em reconhecer que não está nada definido até agora”, frisa Goiano, que sinaliza para a manutenção do mesmo time para a partida do próximo domingo, no estádio Mangueirão.

Viagem sábado mas pode ser antecipado

A programação elaborada pela comissão técnica prevê trabalho em período integral até um dia antes do embarque para o Pará. Neste caso, até quinta-feira as atividades vão ocorrer nos períodos matutino e vespertino. A viagem a princípio está agendada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para sábado de manhã.

Mas por conta da longa viagem e conexões até chegar em Belém, a diretoria alvinegra já está tentando junto a CBF alterar o dia da viagem. De sábado para sexta-feira, feriado pelo Dia da Independência do Brasil.

A viagem de Cuiabá a Belém é longa e cansativa. O ideal para o grupo descansar o suficiente é chegar com pelo menos dois dias de antecedência ao jogo. O pessoal do Remo reclamou muito, pois eles chegaram em Cuiabá no sábado, poucas horas antes da partida. Vamos ver se a CBF atenda o nosso pedido”, enfatiza Éverton Goiano, que efetivou Kall como titular na defesa ao lado de Cris.

Tática

Ao prever pressão na partida de volta marcada para o próximo domingo, dia 9, no Mangueirão, o treinador mixtense adianta que o esquema tático será o mesmo adotado no jogo de ida. “Precisamos jogar. Marcar forte quando não estivermos com a posse da bola e sair para o jogo com a bola dominada”, disse, afirmando que irá manter a estratégia de jogar com os três volantes Kiko, Cléber e Paulo Almeida.

Ainda é preciso melhorar

Mesmo vencendo o jogo de 2 a 0, Éverton Goiano afirmou que o jogo diante do Remo não foi melhor que o Mixto fez até o presente momento no Campeonato Brasileiro da Série D. De acordo com ele, a equipe já chegou a se apresentar melhor em outras oportunidades no torneio de acesso.

Não acho que foi a melhor partida que fizemos até agora. Teve outros jogos que jogamos melhor, de forma coesa”, afirmou, destacando que o Remo chegou fazer um jogo parelho, exigindo muito do goleiro Héverton Perereca.

Fonte: Luiz Esmael/Jornal A Gazeta
04/09/2012