11.9.12

Everton Goiano sobre o jogo em Belém: “Foi uma guerra, desde o aeroporto até o final do jogo”


Foi uma guerra, desde o aeroporto até o final do jogo”, assim o técnico Éverton Goiano, do Mixto, definiu a classificação do Tigre para as Quartas de Final do Campeonato Brasileiro da Série D/2012.


Após a vitória em Cuiabá, o repórter Cezar Augusto, da Rádio CBN, chegou a brincar: “O Tigre cobriu essa Leoa”, disse, numa clara alusão ao Remo, que no Pará é chamado de Leão. A brincadeira repercutiu e a torcida local, provocada e insuflada por radialistas não menos torcedores, tentou dar o troco, mas de forma violenta. No site ‘mixtonet.com’, foi postada inclusive uma fotografia que mostra a escolta da Polícia Militar aos jogadores do Mixto, ante o arremesso de objetos ao gramado.


“Fomos mal recebidos desde o desembarque no aeroporto de Belém. Fomos xingados, provocados até o fim. Foram coisas que acabaram atrapalhando, mas o elenco se mostrou firme e resistiu a tudo isso. Nos fortaleceu”, disse Goiano.


Sobre o gol sofrido no Mangueirão, o treinador admitiu que a zaga falhou. “Precisamos corrigir as bolas aéreas. Não adiante negar, a zaga falhou mesmo, faltou a marcação mais específica. Mas os erros vão mostrando isso e vamos evitar”, disse o treinador.


Para o treinador, o mais importante na partida foi a personalidade do time. “Eu diria que o mais importante foi o equilíbrio que a equipe não perdeu durante todo o tempo, mesmo quando fizeram 2 a 0, o time esteve assentado em campo. Foi fundamental a frieza do Nonato, de trocar para trás em vez de chutar para o gol. O Igor ter feito o gol”, resumiu o treinador.


Sobre os próximos confrontos, com Sampaio Corrêa ou Vilhena, Goiano faz questão de citar: “O que vier vai ser pedreira, se o Vilhena vencer o Sampaio, pode ser até mais difícil ainda, mas todos estão conscientes que todo jogo é uma decisão nesta fase”, concluiu.


Após a revisão médica de ontem, ainda em Belém, onde a delegação permaneceria até às 2h desta terça-feira, o time só volta aos treinos na quarta pela manhã. O desembarque da delegação em Cuiabá está previsto para às 11h30 desta terça-feira, e integrantes das organizadas organizam uma recepção, bem diferente da paraense.

Fonte: Oliveira Júnior / Jornal A Gazeta
11/09/2012

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!