27.10.12

Diretoria se comprometeu em quitar salários dia 5 de novembro e ambiente ‘melhora’ no Mixto


Elenco de jogadores do Alvinegro da Vargas vive a expectativa de receber salários atrasados nos próximos dias; diretoria deu garantia. (Foto: João Vieira - A Gazeta)
Na véspera do jogo de ida válido pela semifinal da Copa Mato Grosso contra o Rondonópolis Esporte Clube (REC), o elenco de jogadores do Mixto recebeu uma ‘boa’ notícia: parte dos três meses de salários em atraso será quitada no próximo dia 5 de novembro, um dia depois do encerramento da penúltima etapa do torneio seletivo à Copa do Brasil de 2013.

Após o apelo dos jogadores em reunião com o governador do estado, Silval deu a garantia da liberação do dinheiro para os próximos dias. Com isso, Hélio Machado pediu um pouco mais de paciência aos profissionais da bola, que decidiram dar mais um voto de
confiança ao dirigente.

Com a boa nova, o ambiente na Toca do Tigre melhorou um pouco. No apronto para o primeiro jogo da semifinal contra o REC, realizado na manhã de ontem, deu para perceber um clima mais leve, descontraído.

Um dos líderes do grupo, Héverton Perereca se diz um pouco mais aliviado com a notícia do pagamento dos salários atrasados no próximo dia 5 de novembro.

O ambiente agora é outro. No fundo, queríamos a garantia de quando a diretoria iria quitar os salários. Até então não sabíamos de nada. Mais do nunca vamos para o jogo com motivação redobrada. Se já havia comprometimento por parte do elenco, agora que iremos brigar pela classificação à Copa do Brasil no próximo ano”, disse Perereca, ressaltando que a meta é reconduzir o Mixto ao cenário nacional novamente. “Não podemos perder o embalo criado com a nossa boa campanha na Série D”, complementou o goleiro.

O técnico Éverton Goiano, que também participou da reunião, afirmou que o encontro foi bom no sentido de tranquilizar os jogadores e cria a perspectiva de que o problema será solucionado o mais breve possível. “Foi muito importante a nossa reunião e estamos na expectativa de receber o dinheiro nos próximos dias”, frisou o comandante.

Diante do atual quadro, Goiano afirmou que não há outra alternativa se não o grupo se fechar em torno do objetivo de levar o Mixto à decisão da Copinha e automaticamente assegurar a segunda vaga de Mato
Grosso à Copa do Brasil de 2013.

O grupo precisa se unir ainda mais para irmos para os jogos decisivos contra o REC. Somos profissionais e, independente de qualquer situação, vamos para o embate. Precisamos fechar esta temporada com o melhor resultado possível, que é o título de campeão”, disse.


Fonte: Luiz Esmael / Jornal A Gazeta
27/10/2012

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!