25.5.13

Ito Roque compara a Série D com a Série A-2 do Paulistão


Dois dias depois de ser anunciado como o substituto de Cláudio Adão no comando do Mixto, Ito Roque foi ao CT do alvinegro neste sábado e acompanhou um jogo-treino do alvinegro contra a equipe do Brasil Central, que vai disputar a segunda divisão do Campeonato Mato-grossense. O treinador no entanto, não mexeu na equipe, que foi comandada pelo preparador de goleiros Julio César. Segundo Ito, hoje era apenas um dia para observação.

"A partir de segunda-feira eu começo a trabalhar com a equipe. Hoje foi um dia para observar, conhecer um pouco mais o grupo, as características individuais de cada atleta. Temos apenas uma semana para acertar o grupo para a estreia, então quanto mais souber, melhor" afirmou.

O jogo-treino terminou empatado em 1 a 1. Quase todo o elenco foi testado em campo, com exceção do volante Kiko, machucado, e do goleiro André, que com contrato vencido, ainda aguarda para acertar a renovação com o alvinegro.
Expectativa para a Série D

Conhecido por comandar clubes no interior paulista, esta será a primeira vez que Ito Roque comandará um time na Série D do Campeonato Brasileiro. O treinador vê semelhanças entre as competições.

"São duas competições aguerridas, acredito que são parecidas. Até porque muito dos jogadores que disputam a Série A-2 do Paulista por exemplo, acabam contratados por times da Série D. Então, mudei de estado, mas acho que o futebol será praticamente o mesmo" explicou o treinador.

O Mixto estreia na Série D do Brasileirão no dia 2 de junho contra o Aparecidense-GO. Os oito dias para a partida preocupam o novo técnico, que já falou em reforços.

"É um tempo bem limitado, por isso temos que ser rápido para que a gente possa ter um time competitivo para a estreia. É uma competição difícil então temos que ter um elenco à disposição. Reforços vão chegar com certeza, para que junto com quem já está aqui, a gente consiga formar um elenco forte".

Fonte: Bárbara Taques/Globo Esporte
25/05/2013

2 comentários :

Jomax disse...

Precisamos correr contra o tempo. Temos que ter um time forte e competitivo, pois o que interessa, e isso tem que ficar bem claro, é subirmos para a C. O Mixto não é time para só fazer uma campanha boa e não subir. Necessitamos e é imperativo que subamos para a série C neste ano de 2013. E não poderíamos ter perdido o Paulo Henrique. E só mesmo um jogador (se foi por iniciativa própria) muito retardado para sair do Mixto (O Maior de MT e O Mais Querido do Centro-Oeste) para jogar em um dos Operarinhos (que ninguém sabe qual é o genérico e qual é o original. virou 2 times patéticos). E por incrível que pareça apareceu o P.H. Meu Deus! é como sair do Barcelona e ir para o Mallorca.

Anônimo disse...

O andre ainda nao renovou. Isso e uma irresponsabilidade da diretoria... Leonardo.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!