30.12.13

KALL, JAMBA, WALISSON E 3 FUNCIONÁRIOS DEIXAM O MIXTO E VÃO PARA O OPERÁRIO


Jamba e Kall deixam o Alvinegro para defender o Operário
Principal rival do Mixto, o Operário de Várzea Grande voltou a assediar e "tirar" jogadores do Alvinegro. O presidente tricolor César Gaúcho, que já havia procurado atletas do clube, anunciou a contratação do zagueiro Kall, do volante Jamba e do goleiro Wallison, os três treinavam com o elenco mixtense formado para 2014. O volante Kiko também teria sido procurado, mas optou em continuar no Mais Querido.

César Gaúcho, que além de presidente é empresário de jogadores, contou desta vez com a ajuda de Hélio Machado, ex-presidente do Mixto e membro do conselho deliberativo do Tigre. Hélio virou uma espécie de assistente direto do Gaúcho e é possivelmente o articulador da "debandada" para o Operário.

Além dos jogadores, o rival anunciou também Júlio César Pacu (treinador de goleiros), Júnior (roupeiro) e Marcos Haneiko Tifu (administrativo) como integrante de sua equipe técnica. Todos trabalhavam no atual elenco do Mixto.

Os ex-jogadores e funcionários do Mixto alegam o atraso de salários como justificativa da saída para o clube várzea-grandense. Segundo alguns atletas, o atraso chega a mais de cinco meses em alguns casos, sendo parte do atraso oriundo da gestão de Éder Moraes e outra parte da gestão anterior.

Outros jogadores, que atuaram no elenco 2013, mas que já tinham sido dispensados e não interessavam mais ao clube também foram anunciados pelo Operário, são eles: Odail Júnior, Ley, Felipe, Vevé e Valderrama.

Polêmica

Apesar de recente, a notícia do "abandono" de alguns funcionários do Mixto para defender o Operário tem gerado muita polêmica entre os torcedores.

Alguns dão razão aos jogadores, dizem entendê-los pelo fato de estarem com salários atrasados. Esses torcedores culpam o presidente Éder Moraes pela saída dos jogadores. Outros se revoltaram com a atitude desses atletas e dizem que deixar o Mixto para defender o rival não tem justificativa. Há também as opiniões que condenam o ex-presidente Hélio Machado, que a menos de um mês estava presente na reunião entre os conselheiros e agora é o articulador das contratações. 

Fábio Ramirez / Mixtonet - Foto: Marcus Vaillant

 

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!