Pelo regulamento da CBF, vaga na Copa do Brasil é do Mixto, entenda:


Pelo regulamento da Copa do Brasil, o torcedor mixtense pode ficar tranquilo. O time está garantido na Copa do Brasil 2014. Com a confirmação de que a Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) terá direito a três vagas no torneio, já que subiu de posição no ranking da CBF, o Cuiabá e o Rondonópolis irão ganhar companhia como representantes de Mato Grosso na competição.

Cabe a FMF decidir quem ela irá indicar, mas o regulamento da Copa do Brasil diz que as vagas devem sair do Campeonato Mato-grossense ou de algum torneio seletivo, no caso da Copa Mato Grosso, vencida pelo Rondonópolis. Em entrevista recente, o treinador do Mixto, Zé Roberto, disse que o time já recebeu a confirmação da CBF. Porém, o Luverdense promete reivindicar a vaga, pois julga ser o responsável pela subida da FMF no ranking.

Em 14º lugar no ranking nacional de federações, a Federação Mato-grossense deverá indicar os três melhores colocados no Campeonato Mato-grossense, mas como tem a Copa Mato Grosso, resta escolher o campeão e o vice do Estadual. Neste ano, o Mixto perdeu a final para o Cuiabá, nos pênaltis.

O Cuiabá garantiu presença pelo título estadual, enquanto o Rondonópolis venceu a Copa Mato Grosso.

Veja o que diz o regulamento

3º - Os clubes oriundos dos certames estaduais deverão ter obtido classificação no seu campeonato estadual/Distrito Federal, respeitado o número de vagas de cada estado, com base no RNF, conforme se segue: 

1) Estados com cinco vagas: os posicionados de 1 a 2 no RNF; 
2) Estados com quatro vagas: os posicionados de 3 a 5 no RNF; 
3) Estados com três vagas: os posicionados de 6 a 14 no RNF; 
4) Estados com duas vagas: os posicionados de 15 a 22 no RNF; 
5) Estados com uma vaga: os posicionados de 23 a 27 no RNF. 

§ 4º - Para identificação do grupo dos 70 clubes, objeto do critério 2, deverá ser necessariamente obedecida a seguinte sequência de chamadas dos clubes: 

1ª chamada: os clubes campeões de cada campeonato estadual/Distrito Federal (vaga nº 1); 

2ª chamada: os clubes vice-campeões da cada campeonato estadual/Distrito 
Federal dentre os estados posicionados de 1 a 22 no RNF (vaga nº 2); 

3ª chamada: os clubes classificados em terceiro lugar nos campeonatos 
estaduais/Distrito Federal dentre os estados posicionados de 1 a 14 
no RNF (vaga nº 3); 

4ª chamada: os clubes classificados em quarto lugar nos campeonatos 
estaduais/Distrito Federal dentre os estados posicionados de 1 a 5 no 
RNF (vaga nº 4); 

5ª chamada: os clubes classificados em quinto lugar nos campeonatos 
estaduais/Distrito Federal dentre os estados posicionados de 1 a 2 no 
RNF (vaga nº 5). 

§ 5º - Nos estados/Distrito Federal que tenham direito a mais de uma vaga, a última vaga do estado poderá ser concedida, a critério da Federação local, a clube vencedor de um torneio seletivo ou equivalente promovido com tal finalidade pela Federação, respeitada a sequência das chamadas do parágrafo 4º deste artigo. 

Robson Boamorte / Globo Esporte