12.2.14

COPA VERDE: MIXTO É GOLEADO E PRECISA VENCER POR 3 A 0 O JOGO DA VOLTA


12/02/2014
O Mixto complicou, e muito, sua situação na Copa Verde (competição nacional que vale vaga na Sul-Americana 2015): no Estádio Portal da Amazônia, em Vilhena-RO, foi goleado por 4×1 pelo Vilhena Esporte Clube na noite desta quarta-feira. O Vilhena ainda não havia jogado nenhuma partida em 2014 e tem um time baseado nos jogadores que defenderam o Sorriso na Segunda Divisão de Mato Grosso. 

Agora o Tigre terá que vencer por pelo menos 3 a 0 (fez um fora de casa), ou repetir o placar para levar a disputa da vaga para os pênaltis. 

Sem Kiko (suspenso), Filipe e Célio Codó (contundidos), que nem viajaram, o Mixto perdeu também o volante César Romero minutos antes da partida, também lesionado.

O Vilhena começou procurando atacar, mas logo o Mixto equilibrou o jogo e estava melhor quando sofreu o primeiro gol, marcado por Jailson aos 21 minutos. Cinco minutos depois o Alvinegro empatou com Sandro, cobrando falta, mas aos 35 (também de falta) Júnior fez 2×1.

No segundo tempo, depois de um início equilibrado o Vilhena tomou conta do jogo: Fábio Buda, de cabeça, fez 3×1 aos 23 e Cacau, aos 39, fechou a goleada: 4×1. Este 4º gol deixou o Mixto sem poder de reação.

Comandado por Eder Taques, o Alvinegro jogou com Igor; Denílson; Zé Adriano e Robinho; Rogério; José Maria "Nenem" (Jairo), Pitbull e Douglas e Sandro; João Paulo e Leandro (Tito).

O jogo de volta acontece na próxima quinta-feira, no Dutra.

Neste sábado, também no Dutrinha, o Alvinegro enfrenta o Sinop, pelo Estadual.

Craques do Rádio - Mixtonet - Fotos: Globo Esporte RO

 

4 comentários :

Mixtonet on 12 de fevereiro de 2014 23:39 disse...

O JOGO

O Vilhena, de Marcos Birigui, entrou em campo com: Wagner; Tiago Silva; Junior, Alex Barcellos e Marinho; Maycon; Cucaú, Carlinhos e Edilsinho; Fábio Buda e Jaílson. Já o Mixto, de Éder Taques, foi para campo com: Igor; Denílson; Zé Adriano e Robinho; Rogério; José Maria (Nenem), Pitbull e Douglas e Sandro; João Paulo e Leandro.

Com o campo lotado e debaixo de chuva, o Vilhena começou pressionando, mas a zaga do Mixto afastava as principais jogadas. A primeira boa oportunidade saiu dos pés de Jaílson, que depois iria deixar o dele. Após cruzamento de Buda, o atacante chutou forte de esquerda, mas a bola passou por cima do travessão.

Aproveitado o gramado molhado, os jogadores das duas equipes começaram a arriscar, até que aos 21 minutos, o Lobo do Cerrado abriu o placar com ele: Jaílson. O Mixto empatou a partida logo em seguida, aos 26 minutos, após cobrança de falta de Sandro, no canto esquerdo do goleiro Wágner. Após o empate, a equipe de Cuiabá começou a cadenciar a partida, mas Júnior, após cobrança de falta, ampliou o placar, aos 35 minutos.


SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, o time do Vilhena voltou a campo mostrando que estava mesmo disposto a atacar. Buda pressionou para o VEC e quase ampliou a partida logo no início da segunda etapa. Até então, só dava Vilhena, até que o Mixto quase empatou em uma cobrança de falta, que Wagner, goleiro do VEC, espalmou. Em reposta, Buda tentou de cabeça para o Lobo do Cerrado, após cruzamento de Cacaú e quase balançou a rede.
No contra-ataque, três contra dois, Maycon desperdiçou a chance de ampliar o placar, mas aos 23 minutos, Buda recebeu lançamento de Edilsinho e acertou, de cabeça, o fundo das redes.

Como estava na frente do placar, o time do Vilhena começou a cadenciar o jogo, mostrando-se muito superior na partida. Assim, tocando a bola, Cucaú lançou Buda, que marcou, mas estava impedido. Mesmo assim, o VEC fez a festa da torcida no Portal da Amazônia, com um gol de Cacaú que, ao invés de tocar, meteu no meio das pernas do goleiro Igor e fez 4 a 1 para o Lobo do Cerrado, aos 39 da etapa complementar.
No finalzinho do jogo, o Mixto esboçou uma reação, mas já era tarde e a partida terminou em 4 a 1 para o Vilhena, que conquistou uma vitória maiúscula.

Fonte: Renato Pereira / Globo Esporte RO

Anônimo disse...

O TIME DO MIXTO É MUITO LIMITADO. TEMOS QUE CONTRATAR PELO MENOS MAIS 7 JOGADORES PARA SER TITULARES...GOLEIRO...LATERAIS.2...ZAGUEIRO...CAMISA 10 DIFERENCIADO ATACANTE DE VELOCIDADE E MATADOR...LEO

MARCÃO disse...

O Sr. Éder Taques tomou um verdadeiro “BAILE” do time do Vilhena e uma “AULA” tática do Sr. Birigui. Que “PAPELÃO”!!!! Deixar o time do MIXTO levar um “VAREIO” de 4 a 1, de um time inexpressivo como o time do Vilhena!!! É uma VERGONHA!!! JÁ PENSOU CONTRA O SANTOS? VAI SER DE 20 a ZERO?? PELO AMOR DE DEUS!!! Pede pra sair logo meu amigo, é melhor do que ficar fazendo o “MAIS QUERIDO” passar esses VEXAMES!!! Isso é DEMAIS!!
É “REGRA BÁSICA” no futebol, nos casos de “MATA-MATA”, como da COPA VERDE, nunca levar goleada fora de casa. Mas parece que o Sr. Éder Taques faltou essa “AULA”, deixou o MIXTO numa situação PÉSSIMA. PORQUÊ ele não “segurou” o time? Deixasse “ele” ir na boa, só no contra a ataque. Se fizéssemos um “golzinho” e tomássemos apenas 2, já estávamos no lucro. Nunca poderia deixar LEVAR ESSA GOLEADA. Até dois gols de diferença ainda é possível reverter, agora 3 gols de diferença!!! MEU AMIGOOO!! Vai ser muito DIFÍCIL, vamos ser REALISTAS. Vou torcer para que consigamos essa FAÇANHA, pois caso contrário, esse jogo de volta só vai servir para DESGASTAR o time, em caso de eliminação, FISICAMENTE e PSICOLÓGICAMENTE.
É Sr. Éder Taques, vamos estudar um pouco mais de FUTEBOL!!! o SR. TÁ PRECISANDO DISSO!!!
Todos viram, no 2º jogo contra o “operáriozinho”, o time do MIXTO jogando com 1 jogador a mais, tava ficando na “RODA” e quase levou o gol de EMPATE. É melhor o SR. COMEÇAR A RENDER!! SENÃO, TENHA A DIGNIDADE DE PEDIR PARA SAIR!!!. CHEGA DE VEXAMES!!!
Deixo ainda uma reflexão para o Sr. Éder Moraes:
SE FOR TROCAR DE TÉCNICO, PORQUÊ NÃO DAR UMA CHANCE PRO ARILDO BERDUN? UM MIXTENSE DE CORPO E ALMA, QUE JÁ DEU MUITAS ALEGRIAS PRO MIXTÃO!! ESSE VESTE A CAMISA PRA VALER!!!!

Anônimo disse...

Gostaria de saber qual e as reais cndiçoes clinica do atacante Celio Codo, pelo oque eu vi no site do Esportivo de Bento Gonçalves, ele nao teria passado nos exames medico por nao estar totalmente recuperado de uma lesao. Martinho Moraes

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!