Nhá Barbina, torcedora símbolo, foi homenageada na inauguração da Arena Pantanal


03/04/2014
Antes da bola rolar pela primeira vez na Arena Pantanal, no empate entre Mixto e Santos, o cerimonial de inauguração do estádio e o marketing do Mixto homenagearam a torcedora Maria Zeferina da Silva, de 91 anos, mais conhecida como Nhá Barbina.

Nhá Barbina comandou durante décadas a torcida mixtense no antigo estádio Verdão e fundou a hoje extinta Torcida Coração Alvinegro. Conhecida pela garra e determinação, Nhá Barbina se tornou torcedora símbolo do Mixto.

Fábio Ramirez / Mixtonet - Foto: Gilmar Ramos