8.7.15

Sub-19: Recurso do Mixto para eliminação do União será julgado dia 14 pelo TJD


Apenas um jogo da semifinal do Campeonato Estadual Sub-19 será disputado no próximo semana. O outro confronto depende do julgamento do recurso impetrado pelo Mixto contra o União, que, conforme anunciou na manhã desta quarta-feira o presidente do TJD, João Vicente Scaravelli, está marcado para as 19h30 do dia 14 – próxima terça-feira.

Desta forma, no sábado, dia 11, jogam REC e Cacerense, em Rondonópolis, fazendo o jogo de ida. O Luverdense aguarda o julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva para saber se jogará contra União ou Mixto – primeiro jogo marcado para a casa do adversário.

A diretoria do Alvinegro alega que o União jogou com dois atletas “irregulares” na partida de ida das quartas-de-final (0x0, no Luthero Lopes). Conforme o Mixto, “o atleta Bismarck Henrique e o atleta Luis Henrique disputaram a primeira fase pelo Primavera, portanto, não podiam jogar por outro time na mesma competição, mas na segunda fase defenderam o União contra o Mixto. Isso vai contra o artigo 22 do regulamento do campeonato e o União deve ser eliminado”.

Na súmula do jogo Primavera x União, disputado no dia 13 de junho em Primavera do Leste o jogador Luis Henrique de Lima Lopes aparece com o RG 2393946-0 e com a camisa número 5. Já na súmula de União x Mixto, domingo passado, o jogador aparece com o mesmo nome, mesmo RG e também com a camisa 5.

Já o atleta Bismark tem o mesmo RG nas duas súmulas (1865027-9), mas sobrenome diferente: ele é Bismark Henrique Santos de Souza no jogo Primavera x União, e passa a se chamar Bismark Henrique Santos Pereira na partida União x Mixto.

O presidente do União rebate:

– Estou tranqüilo, meu time está todo regular, inclusive registrado no BID. Os demais, incluindo o Mixto, jogam irregulares até agora, independente desta palhaçada feita pelo João Carlos (presidente em exercício da FMF, que autorizou a disputa sem registro dos jogadores no Boletim Informativo da CBF). E tem mais: quem prova que estes jogadores atuaram pelo Primavera? A súmula não é prova. Tem gravação, vídeo disso? – afirmou, na semana passada, ao ser informado sobre o recurso do Mixto.

O presidente em exercício da Federação Mato-grossense de Futebol, João Carlos de Oliveira, disse que aguarda a decisão do TJD para definir a nova data do primeiro jogo do LEC na semi.

Craques do Rádio - Júlia Graminho/TV Record Cuiabá
08/07/2015