14.9.15

UFMT pode viabilizar parceria com grupo de SP para 13 jogadores. Arildo e Elias são opções


Uma parceria com um grupo de São Paulo, representando uma universidade, está sendo negociada pela diretoria do Mixto para a disputa da Copa Mato Grosso. O acordo prevê a vinda de pelo menos 13 jogadores.

Segundo o presidente alvinegro, Paulo César Gatão, uma reunião acontece ainda nesta segunda-feira para “bater o martelo”. Ele informou que a intermediação partiu da UFMT e do ex-técnico Admir Moreira.

– É um grupo de investidores ligados a uma universidade, que deve trazer de treze a quinze atletas. Os demais serão da nossa base sub-19, de oito a dez atletas – disse Gatão, sem dar mais detalhes.

O dirigente espera ter tudo decidido até quarta-feira para começar os treinos, inclusive a contratação de um treinador. “Provavelmente vai ser daqui mesmo. O Elias (Rosa, ex-jogador do clube) é o preferido,  mas tem também o Arildo Berdun”, comentou Gatão, revelando que “até o Aderbal Lana (experiente treinador que já trabalho no clube e hoje mora em Manaus) está na nossa lista”.

Sem conseguir a liberação do campo do Hospital Adauto Botelho e com dificuldades para viabilizar outro local de treinamento em Cuiabá e Várzea Grande, Gatão diz que os treinos do Mixto para a Copinha podem ser feitos em Nossa Senhora do Livramento, Acorizal e/ou Chapada dos Guimarães.

A estreia, dia 4 de outubro, será contra o Dom Bosco.

Fonte: Craques do Rádio
14/09/2015