8.10.15

Diretoria do Mixto ataca a reportagem do Grupo Gazeta de Comunicação


Em nota oficial publicada no site do clube  (leia aqui) na tarde de terça-feira (6) a diretoria do Mixto Esporte Clube atacou a reportagem do Grupo Gazeta de Comunicação, veiculada na TV Record e no Jornal A Gazeta, onde um atleta acusa empresários ligados aos parceiros e gestores do clube, de extorquirem atletas para treinarem no time cuiabano (assista o vídeo). A denúncia feita pelo atleta que foi parar na Justiça do Trabalho, através da Procuradoria do Ministério do Trabalho, no Tribunal de Justiça Desportiva, também é investigada pela Polícia Civil.

Segundo a diretoria “a reportagem visa prejudicar a imagem do Mais Querido de Mato Grosso junto à sociedade Mato-grossense.” O documento assinado pelo presidente Paulo Cesar Camargo, alega que o atleta “somente fez um teste e não aprovado, agindo em retaliação.

A diretoria no entanto se contradiz ao afirmar que “não existe nenhum tipo de interferência na escolha dos atletas, uma vez que a escolha e autonomia de seleção deve ser feita exclusivamente pelo técnico e sua comissão, não cabendo a nenhum diretor ou empresário interferir nesta seleção”; afinal, o técnico Gilmar Ferreira foi dispensado do clube após o jogo de segunda-feira, contra o Dom Bosco, exatamente por não aceitar ingerência de empresários e gestores, que queriam escalar esses atletas ‘extorquidos’ e pagantes no time.
Usado pelos gestores do Mixto, o técnico Gilmar Ferreira não concordou com ingerência na escalação da equipe e pediu desligamento (leia aqui)
A nota diz que o atleta denunciante foi em busca de empresários, “os quais estes não possuem nenhum vínculo direto com o Mixto Esporte Clube, ou seja, não trabalham e nem responde por qualquer diretoria ou cargo no Clube” e alega que o clube não possui nenhuma responsabilidade com a negociação entre atleta/empresários (Marquinhos e Thiago), e que ambos não pertencem ao clube.

“O atleta que ofereceu dinheiro ao empresário para jogar em qualquer clube o risco é apenas dele”, afirma o clube.

Classificando a notícia denúncia de ‘Pirotecnia’ e atacando a editoria de esportes de A Gazeta e a reportagem da TV Record, a diretoria do clube diz que “a reportagem de maneira equivocada vem expor ao ridículo a imagem do Mixto Esporte Clube”.

No final do texto a diretoria alega que não compactua com qualquer tipo de cobrança de dinheiro de atletas ligados ao clube, mas novamente se contradiz ao admitir que empresários agiram em nome do clube e aplicaram um golpe.

“A diretoria lamenta profundamente o fato deste jovem jogador em busca do seu desesperado sonho de ser jogador, ter por sua conta e risco negociado uma vaga com um suposto empresário (Marco Antônio de Paiva) que não tem nenhum vínculo de ordem legal e trabalhista com o Clube. E mais uma vez a Diretoria do Mixto Esporte Clube adverte a todos os jovens atletas que busquem conversam diretamente com diretores dos Clubes, e que retirem suas duvidas junto a Federação de esporte, afim de não cair em golpes e ver seu sonho de ser um grande atleta não prosperar.”

Fonte: Oliveira Júnior / Jornal A Gazeta. Foto: Jornal A Gazeta
08/10/2015

4 comentários :

Alonso disse...

Só em Cuiabá mesmo que um jornalista faz uma reportagem sendo assessor de imprensa e atacando a empresa para qual presta assesssoria (não é este Oliveira Junior, da TV Record/Gazeta o mesmo que assina a Revista do Mixto que esteve circulando anos atrás e recentemente?).
Só em Cuiabá mesmo que o mesmo jornalista faz outra reportagem sobre as críticas à sua própria reportagem e dá um tom negativo aos seus críticos.
Só em Cuiabá mesmo que o clube que critica o jornalista publica a mesma reportagem em seu site.
Se é lamentável a atuação do jornalista, também é a Diretoria ou o Conselho do Mixto publicarem o que não precisa no site do clube. Dão espaço para o próprio detrator? Isto é um site do clube, não é jornal diário que tem que dar espaço para quem não precisa.

MIXTONET on 9 de outubro de 2015 12:30 disse...

Cato Alonso, relembrando que o Mixtonet não é o site oficial do clube. A missão do Mixtonet é concentrar em um único local tudo o que está se falando sobre o Mixto, seja positivo ou negativo, informando ao máximo o torcedor sob vários pontos de vista.

Ricardo Freitas disse...

diretoria amadora passou dos limites, pra que ficar brigando com imprensa? parem de usar o mixto. So o Mixto vai ser prejudicado nessa historia

Paulinho disse...

Ricardo... essa imprensa local tem gente honesta mas tem uns sem etica alguma. Tem que brigar mesmo. O presidente do Mixto ta correto.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!