18.8.17

Kiko: "Essa semana é de avaliação. Semana que vem começo indicar nomes"


Técnico kiko conversa com atletas, dia 14 na apresentação do elenco
Atletas do Sub-19 ouvem técnico e diretor de futebol, com expectativa de comporem o elenco que disputará a Copa FMF
Diretor de Futebol, Hélio Machado trabalha para montar elenco para a Copa FMF
A Copa FMF começa em setembro e os clubes já deram início na preparação para a disputa da competição que dá vaga para a Copa do Brasil 2018.

O ex-jogador Kiko Oliveira foi anunciado como técnico que comandará o elenco do Mixto na disputa da Copinha. Em entrevista ao Olhar Esportivo, o ex-jogador falou sobre suas expectativas para esse trabalho.

“A expectativa é a melhor possível, porque estou diante de uma equipe que é tradicional aqui no estado de mato grosso. Estou muito feliz pelo convite”, comentou.

Kiko sabe que tem um grande desafio em suas mãos, já que há muitos anos o Mixto não consegue um título estadual, mas acredita que é possível mudar o cenário atual do clube. Além disso, o novo treinador do Alvinegro garantiu que o clube entra na Copa FMF para buscar o título.

“Quando se trata do Mixto, uma equipe grande do cenário mato-grossense, não se pode falar em outra coisa, é uma equipe que tem que chegar. Mas uma equipe pra se chegar não depende somente de querer chegar, tem que ter vários atributos juntos”, contou.

Segundo ele, o importante nesse processo de preparação do time é focar no profissionalismo, ter condições de trabalho e jogadores de qualidade, para atingir o objetivo de serem os campeões da Copinha. O elenco do Mixto para a competição ainda está em fase de montagem.

“Ainda não tem nada definido. Essa semana aqui é a semana de avaliação, para que eu possa ver alguns jogadores do Sub-19 e decidir se podem ser aproveitados. Somente na semana que vem eu começo a indicar alguns nomes para que a gente possa começar a trabalhar e ter êxito”, finalizou Kiko.

Fonte: Gabriela de Lima/Olhar Esportivo. Fotos: Site Oficial do Mixto
18/08/2017

1 comentários :

Arilson disse...

Kiko participou como jogador de um dos bons elencos do Tigre nos últimos anos (elencos que foram penalizados por defesas muito ruins que prejudicaram o time inteiro, levando gols que não poderiam em momentos muito decisivos, contra América do Amazonas e Tupi de Juiz de Fora, para ficar em dois exemplos mais lamentáveis nos últimos anos). Quem vê jogo hoje da Serie C de 2017 percebe muito bem que o elenco do Mixto que bateu o Vitória-BA pela Copa do Brasil em 2013 era muito melhor que muito time que hoje está na Série C do Brasileirão. Vi o Mixto jogar um futebol de Série A contra o Atlético de Goiás, mas também penar com uma defesa ruim e deixar bons resultados escorrerem pelas mãos. O desafio de Kiko será selecionar jogadores novos no cenário futebolístico da Baixada e do interior, além de receber jogadores que vierem de outras regiões, mas fazendo uma seleção rigorosa e cujo compromisso seja com o Mixto. A partir da Copa FMF, o foco a partir deste semestre de 2017 tem que ser a preparação para o Estadual de 2018. Agora em 2017, Atlético do Acre subiu para a Série C com um elenco praticamente amador, mas provavelmente são bons jogadores que honram a camisa do clube pelo qual jogam (jogador supostamente profissional, que não classifica time e ainda entra com ação trabalhista dá prejuízo duplo). Então, está na hora de se encerrar no Mixto a discussão se jogadores locais ou de fora são melhores, e que entrem no elenco mixtense de fato bons jogadores, aqueles que de fato estiverem dispostos e aptos a vestir a camisa do Mais Querido. O Mixto está com um bom conjunto de patrocinadores, que sabem que o clube tem a maior torcida de Mato Grosso e são consumidores e só precisa de apoio para voltar ao espaço que lhe cabe no futebol de Cuiabá e de Mato Grosso.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!