11.11.17

SEMIFINAL: MIXTO DESPERDIÇA PÊNALTI E EMPATA COM O DOM BOSCO


Foto: Thiago Mattos/Olhar Esportivo 
Mixto e Dom Bosco atuaram para 456 torcedores na Arena Pantanal no fim de tarde deste sábado (11). O clássico vovô foi válido pela primeira semifinal da Copa FMF e terminou empatado em 0 a 0.

O primeiro tempo foi de futebol ‘pobre’, principalmente pelo lado dom-bosquino, apontado como favorito absoluto no duelo. O Tigre demonstrou mais raça e ‘nivelou’ o jogo com um Dom Bosco um tanto apático.

Quando o Leão da Colina passava a dominar a partida, o Mixto se aproveitou de uma ‘pane defensiva’ do Azulão e conseguiu um pênalti aos 16 minutos do segundo tempo. O atacante Marko Pollo foi pra cobrança e isolou, desperdiçando a melhor chance Alvinegra na partida.

Mesmo após perder o pênalti, o Mixto cresceu no jogo e voltou a equilibrar a partida. O Dom Bosco quase saiu com a vantagem em um contra-ataque no último lance. Ao final, o empate no jogo de ida foi justo.

O jogo de volta acontece no feriado de 15 de novembro (quarta-feira), às 10h da manhã

Ficha técnica 

- Mixto Esporte Clube 0 x 0 Clube Dom Bosco
- Competição: Copa FMF / 2ª Fase / 1º jogo da Semifinal
- Árbitro: Jean Marcel Ferreira
- Assistentes: Gislan Garcia e Rodolfo Ortiz. 4º árbitro: Carlos Bruno dos Santos
- Público: 456 pessoas
- Renda: R$ 
- Mixto: Brayan, Lenon, Miro, Gulherme e Helberth; Leiker, Alyson, Wilton (Sávio) e Giovanni; Marko Pollo e Juninho.
- Dom Bosco: Victor, Erick, Bruno Felipe, Jean e Felipe Bonatto; Felipe Borges, Walter (Wilson), Felipe Profeta e Deivisson; João Pedro e Michel.

Fonte: Thiago Mattos/Olhar Esportivo. Ficha técnica: FMF - Mixtonet
11/11/2017

1 comentários :

Horácio Couto disse...

Sou dombosquino e peço para fazer umas palavras neste site da torcida mixtense, histórica adversária, espero que não me censurem porque de fato a torcida dombosquina está tão desarticulada quem não tem nem espaço de debate. Jornais em outras capitais e cidades como Goiânia, Belém, Maceió, São Luis, Porto Alegre, Curitiba, Florianópolis dão imensa cobertura ao futebol por conta do número de torcedores dos clubes, que são também leitores que dão ibope para os jornais e sites noticiosos. Em Cuiabá, é de se questionar aos editores da TVCA, da Gazeta, do Diário de Cuiabá e dos sites noticiosos por que aqui é o contrário: dão espaço para o clube empresa que não tem torcida e é o clube simplesmente rejeitado pela população. Se a lógica da audiência não funciona, como funciona no pais todo, é de se perguntar se tem dinheiro de patrocínio no meio, porque fora isto não há justificativa para o silêncio que a imprensa local faz sobre o Mixto, Dom Bosco e Operário. De qualquer maneira, é sabido que a imprensa anima ou silencia os fatos. Assim, se tem pouca gente no estádio é falta de maior empenho do Dom Bosco e do Mixto, mas a imprensa esportiva local também é bem pobre, para não dizer comprometida apenas com quem a patrocina, apenas para repetir a palavra usada pelo site desta matéria.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!