5.1.18

Mixto 2018 tem como base time que disputou a Copa FMF, dois vindos do Cuiabá, 5 jogadores de fora. Novas contratações nos próximos dias


Souzinha, técnico do Mixto (Foto: Captura de tela TVCA)
O discurso no Mixto segue o mesmo: fazer um trabalho modesto, mas sem deixar de lado a história e tradição do maior campeão mato-grossense da história. O técnico do Alvinegro Souzinha confirmou que o grupo é formado em sua maioria por atletas da base. Cerca de seis jogadores mais experientes devem ser contratados ainda esta semana para dar suporte aos garotos.

O treinador chegou ao Mixto durante a disputa da Copa FMF do ano passado e conseguiu classificar a equipe para as semifinais da competição.

- Dentro da nossa realidade vamos brigar pelos nossos objetivos no campeonato. Nós, inclusive, já temos uma formação definida. Vamos dar seguimento ao trabalho que foi iniciado na Copa FMF - declarou Souzinha.

O time começou os treinos no começo de dezembro, com testes com os garotos da base e para fortalecimento muscular. Nesta quarta-feira, a equipe se reapresentou para a reta final de preparação para ao estadual.

Fazem parte do elenco cerca de 15 atletas que disputaram o mato-grossense Sub-17 e a Copa FMF Sub-21 pelo clube. O zagueiro Matheus e o lateral Felipe, que estavam no Cuiabá, acertaram com o Tigre. O grupo ainda tem mais cinco atletas de fora do estado, todos com pouca idade e desconhecidos do torcedor.

- Por gestões confusas no passado, sofremos para contratar jogadores. Alguns têm medo de não receberem e não querem vir jogar no Mixto. Mas essa nova diretoria tá tentando organizar e vamos com os pés no chão sem pagar salários altos - afirmou o técnico.

O Mixto deve contratar cerca de seis jogadores mais experientes para auxiliar a garotada no Campeonato Mato-grossense, que começa no dia 18 de janeiro para o Alvinegro. O time estreia diante do União, fora de casa.

Fonte: Olímpio Vasconcelos/Globo Esporte
05/01/2018

5 comentários :

ELSON SANTANA disse...

Temos que já começarmos a inscrever os atletas no BID da CBF, entra ano sai ano são as mesmas desculpas , vamos agir rápido diretoria .
O mixto não pode ficar parado.

Desejo boa sorte a todos atletas e comiçao técnica do mixto em 2018.
Que Deus nos abençoe que seja um ano especial ao mais querido do MT , sabemos da dificuldade do clube.
Cada jogador que entrar em campo honrando as tradições do mixto com certeza essa dificuldade não existirá , serão 11 contra 11 .
Atletas do mais querido honra esse manto alvinegro e boa sorte a cada um de vocês que toparam vestir essa camisa em 2018.

Vamos pra cima mixtao !!

Moacir disse...

Sinop (melhor colocado em 2017 depois dos clubes que jogam a Série C) e Dom Bosco (segundo melhor colocado em 2017) vão para a Série D em 2018. O Mixto disputa a vaga da Série D de 2019 com Operário-VG, Ação, Araguaia, União e Poconé. Será um campeonato curto, mas decisivo. O Mixto não pode mais entrar no torneio de forma modesta. Arrogância não faz bem para nenhum clube, mas modéstia, a esta altura, muito menos. Competitividade é o que a torcida mixtense exige. Bom lembrar que o Operário-VG escalou jogador irregular contra o Mixto na primeira rodada de 2017, e só não caiu para a Segunda Divisão porque o Cacerense entrou com ação na Justiça Esportiva já fora do prazo. Do Araguaia, do Poconé e do Ação pouco se sabe, lembrando que o Poconé montou um bom time salvo engano em 2015 (começou bem, mas não aguentou manter o desempenho). O União vai usar parte do elenco que disputa a Copa São Paulo (é o último colocado na chave e acabou de levar goleada do Desportivo Brasil por 3 a 1). O Mixto precisa entrar desde a primeira rodada como se cada jogo fosse a disputa do título, e a diretoria precisa conseguir contratação de mais peso, com jogadores que possam decidir. Não é possível elenco com aquela fragilidade física e técnica de 2017 e 2016. Espero que a massa mixtense se organize mais e melhor e se mobilize em 2018 para estar mais presente na arquibancada da Arena e mande caravana para o interior, para apoiar mas também cobrar. Não há mais espaço para modéstia em tempos de competição. O Mixto precisa ser grande como sempre foi. Jogar para empatar com time estadual não se admite mais. Clube que já bateu Cruzeiro, Vasco, Sport Recife, Vitória, Paraná Clube, jogou de igual para igual com Corinthians, Goiás, Atlético-GO e outros grandes tem que pensar grande.

Otacilio disse...

tem que reforçar o elenco com certeza

joão paulo disse...

a tvca está divulgando o campeonato e no vídeo mostra jogador do mixto caindo numa jogada (sempre selecionam uma imagem negativa para falar do mixto) e mostram apenas a torcidinha do cuiabá como se os outros times não tivessem torcida. e mostram a torcidinha do cuiabá em close (tem que ser em close, porque se abrir a câmera não aparecem mais que dez pessoas na arquibancada). isto é coisa da tvca para legitimar o clube que usa o nome da cidade, mas de cuiabano não tem nada, um grande logro para cima da população cuiabana. clube de empresário do Sul e tv de campo grande, tudo a ver. tudo muito tendencioso nessa tv que beira o ridiculo. sugiro aos demais clubes e demais torcidas fazerem uma moção de repúdio a essa tv que tem sede em campo grande e só faz boicotar os clubes tradicionais locais e daqui para frente ficarem mais vigilantes. lamentável que estes profissionais da imprensa joguem contra os times locais, mas trabalhar em campo grande, em rondonópolis ou em alta floresta esse pessoal não quer não. coragem, vão. e não voltem. não dão certo lá, não vão dar certo aqui. lá ao menos poderão ser felizes. aqui, pelo jeito, fazem um trabalho infeliz e recalcado.

Alonso disse...

Tenho que concordar com o Moacir, chega de modéstia

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!