Atenção! Ajude o Mixto virando sócio torcedor. Clique no link: www.sociomixto.com.br

Fause: "parte do valor destinaremos para quitar o que devemos. O objetivo é fazer com que o Mixto volte a ser viável financeiramente”


Fause Chauchar presidente do Conselho Gestor (Foto: Otmar de Oliveira/Jornalç A Gazeta)
A classificação do Mixto para a segunda fase da Copa do Brasil ajudará o clube a se reorganizar financeiramente. O valor da cota repassada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pela participação na primeira fase é de R$ 525 mil.

A vaga conquistada à próxima etapa da competição nacional ultrapassa a casa dos R$ 600 mil. Ao todo, são mais de R$ 1 milhão que vão cair na conta do Alvinegro da Vargas nos próximos dias.

Eleito presidente do Conselho Gestor do clube Fause Chauchar ressalta que parte desse montante a ser recebido da CBF servirá para renegociar dívidas trabalhistas com credores. Segundo ele, a diretoria e o jurídico já negociam com a Justiça do Trabalho para assinar um ato trabalhista, que é o reconhecimento de tudo o que o clube deve ao longo dos anos.

“Esse dinheiro da Copa do Brasil nos ajudará a reorganizar a situação financeira do clube. Já estamos conversando com os advogados que parte do valor a ser recebido da CBF destinaremos para quitar o que devemos aos credores. O objetivo é fazer com que o Mixto volte a ser viável financeiramente”, disse Chauchar.

O dirigente disse que 40% de toda a verba será para pagar premiação acordada com o elenco de jogadores. Ao eliminar o CSA de Alagoas por 1 a 0 na semana passada, o Mixto agora se prepara para encarar o vencedor do jogo entre São José e Chapecoense. Esta partida está marcada para ocorrer hoje à noite.

Fonte: Luiz Esmael/Jornal A Gazeta
13/02/2019 

AJUDE O MIXTO COM A TIMEMANIA

ALVINEGRO ANUNCIA NOVA ETAPA