Secretário diz que reinauguração do Dutrinha ficará para o aniversário de Cuiabá em abril. Outras melhorias foram incluídas

0
Oliveira Júnior/Jornal A Gazeta

Estadio Presidente Eurico Gaspar Dutra
Pintura da nova fachada está praticamente pronta

Fechado para o público desde 2015 o Estádio Municipal Eurico Gaspar Dutra será reinaugurado nas comemorações do 301º aniversário de Cuiabá, em abril de 2020. A promessa é do secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo.

“Como ampliamos a reforma a entrega vai demorar um pouco mais, mas pretendemos entregar durante os festejos do aniversário de Cuiabá”, garantiu o secretário.

De acordo com Vuolo, a obra que visa prioritariamente a liberação dos itens de segurança, deverá contar nos próximos dias com uma vistoria oficial pela juíza do Juizado Especial do Torcedor (JET) Patricia Ceni.

“Convidamos a doutora Ceni para acompanhar as adequações que fizemos, para ela ver in loco a nossa preocupação com a questão da segurança”, ponderou Vuolo.

E a lista de melhorias previstas para o estádio, que já teve toda fachada externa pintada na semana passada, é extensa.

Depois da retirar os bancos que eram fixos na chamada geral do estádio e reforçar os alambrados a Secretaria de Obras do Município pretende dar sequência à obra com melhorias no lado oposto do estádio do Porto. Em janeiro a outra arquibancada, que fica nos fundos da Federação Mato-grossense de Futebol, será recuperada, bem como as bilheterias e os banheiros para os torcedores.

Outras novidades anunciadas por Vuolo, em entrevista exclusiva para A Gazeta estão relacionados ao campo de jogo.

“Vamos substituir todo o gramado do Dutra, e, logicamente antes da troca será feita uma nova drenagem e a instalação de um sistema de irrigação automática que o estádio não tem. Além disso vamos trocar a iluminação por lâmpadas de Led. Os postes sairão de dentro de campo e vão para trás
das arquibancadas. Como estão há anos, atrapalham até a visão da linha do impedimento”, explicou o secretário.

Segundo ainda Vuolo, as cabines de imprensa foram todas reformadas, principalmente a cobertura, e ainda faltam acabamentos nos vestiários dos clubes.

O custo
Estadio Eurico Gaspar Dutra reforma 2019
Parte interna recebeu adequações de segurança, como muros divisórios de torcida e acessibilidade

Inicialmente a obra estava orçada em R$ 496 mil. Como a Prefeitura percebeu que o valor permitiria apenas uma ‘maquiagem’, decidiu ampliar a reforma, que se estendeu ao lado oposto do estádio, provocando um aditivo de mais R$ 200 mil. Segundo Vuolo, ainda serão acrescidos os valores correspondentes a troca do gramado, estimada em mais R$ 200 mil, além dos custos para a
melhoria da arquibancada oposta. Pelos cálculos do secretário, o valor total chegará à R$ 1 milhão.

É ideia ainda do secretário, criar no local o Museu do Futebol Cuiabano, o que ocorreria numa segunda fase do projeto, que ainda tem orçamento.

Por fim, Vuolo lamentou não ter encontrado apoio do Governo do Estado para a reforma.

“Não tivemos apoio do Estado, toda a obra está sendo feita com recursos próprios da Prefeitura, que inclusive não estavam previstos no orçamento inicial, mas não tenho dúvidas de que o Dutra voltará a ser o cartão postal da nossa cidade, um local onde as famílias cuiabanas voltarão a se divertir a torcer pelos nossos clubes”, concluiu.

Fotos: Otmar de Oliveira/Jornal A Gazeta