Irreconhecível: Mixto atua sem vontade e sofre goleada para o rival na Arena Pantanal - 4x0

Fábio Ramirez/MixtoNet

Torcida apoiou, mas time estava sem motivação

Pela quinta rodada do Campeonato Mato-grossense, o Mixto foi goleado pelo rival Operário na Arena Pantanal. O placar ficou em 4 a 0 e poderia ser mais se não fosse o péssimo aproveitamento do ataque tricolor.

Irreconhecível, o Tigre entrou em campo sem motivação. Muito diferente do que aconteceu nos três últimos jogos (derrota para o Cuiabá por 3x2, goleada contra o Araguaia de 3x0 e empate fora de casa com o Nova Mutum em 1x1). Com o Mixto mal posicionado em campo, o Operário explorou os buracos deixados pela marcação mixtense nas laterais e dominava as ações de jogo.

Logo aos 15' um desentendimento entre os próprios atletas mixtenses mostrava que algo não estava bem. O Operário aproveitou o abatimento dos atletas alvinegros e marcou o primeiro gol ainda na etapa inicial, com Ualisson Pikachu aos 27'. A torcida do Mais Querido apoiava o elenco, mas os atletas não mostravam reação.

No segundo tempo de jogo o Chicote da Fronteira marcou três gols, selando a goleada em 4 a 0: João Guilherme marcou aos 5', Kaio Felipe aos 18' e João Guilherme aos 45'

Durante a semana, a equipe teve problemas internos entre um grupo de atletas e parte da comissão técnica. Essa situação terá que ser resolvida pela diretoria para buscar uma reação na competição.

Com o resultado, o Tigre foi ultrapassado pelo Poconé na classificação e ocupa a 8ª posição com com 4 pontos, dentro da zona de classificação, mas há três pontos da zona de rebaixamento.

O Branco e Preto volta a campo contra o Sinop, sábado dia 15 de fevereiro às 17h no Estádio Gigante do Norte.

Defesa mixtense sofreu, só não levou mais gols por falhas do ataque rival

Ficha técnica


Jogo: Mixto Esporte Clube 0 x 4 Clube Operário Várzea-grandense
Competição: Campeonato Mato-grossense Martinello Sicredi – Edição 2020 / 1ª Fase - 5ª Rodada
Data: Domingo dia 09/02/2020
Local e horário: Arena Pantanal às 15h
Árbitro: Leonardo Lorenzatto
Assistentes de arbitragem: Gislan Antônio Garcia e Paulo César Farias
4º árbitro: George Bennachio
Público presente: 809 pessoas
Renda: R$ 9.190,00
Escalação Mixto: Gabriel; João Lennon, Bruno Bramusse, Jefão e Vinicius Matheus(Josemar)(Diego Neves); Anderson Pedra, Natan e Vitinho; Eduardo Romarinho, Magno El Lobo e Paulinho Mingau(Cicinho). Técnico Nildo Dantas.
Escalação Operário VG: Igor Ryan; Igor Amaral, Marcão, Marlon e Kaio Cristian; Leo Reichenert(Pedro Ramiro), Vinicius Hess(Natan), e Pikachu(Calito); João Guilherme, Gil Mineiro e Kaio Felipe. Técnico Luiz Gabardo Jr.

El Lobo ficou isolado, meio campo não conseguia criar jogadas

Fotos: Gil Gomes/Assessoria Mixto EC

Postar um comentário

0 Comentários