Mixto 86 anos: confira a história do Dr. Luiz Alberto, o torcedor que virou médico para se dedicar voluntariamente ao clube

Gil Gomes/Assessoria Mixto EC

Dr. Luiz Alberto se dedica há mais de três décadas ao Tigre da Vargas



Luiz Alberto médico do Mixto

A história de amor entre Luiz Alberto e o Mixto começou quando ele ainda era um menino. A paixão avassaladora pelo Tigre da Vargas veio da própria mãe, mixtense fanática  e apaixonada, que não perdia um só jogo no estádio Eurico Gaspar Dutra. Todo esse amor pelo clube , fez surgir um desejo ardente em seu coração de se tornar um profissional da área de saúde e realizar um sonho: ser médico do Alvinegro. 

Ainda criança, Luiz prometeu a mãe que iria cursar medicina e que um dia seu sonho seria alcançado. Em 1975, Luiz se muda para a cidade Goiânia/GO para cursar medicina, já que em Mato Grosso ainda não possuía o curso.

Ficar longe da família já era difícil, imagina distante do clube amado. Na mochila do estudante, as roupas deram espaço para o rádio. Ele sintoniza, “o amigo fiel” nas estações de rádio de Cuiabá, só para poder saber um pouco das notícias, e lógico, escutar os jogos do time. Mas a paixão não parava por aí. 

- Eu recebia do meu irmão, que na época ficou em Cuiabá, jornais impressos. Mesmo com atraso de alguns dias, me inteirava de tudo o que se passava com o Mixto. Isso aliviava um pouco a distância – disse, o torcedor. 

Os anos se passaram. Em 1987, já especializado em ortopedia, o agora doutor Luiz Alberto pôde cumprir a promessa que fez a mãe, ser o médico do Mixto. Toda essa dedicação, completa 33 anos, e fez com que o amor ao Tigre da Vargas aumentasse ainda mais. 

- Desde pequeno eu estava perto Mixto. Meus pais moravam perto do colégio estadual (Liceu Cuiabano), onde eles treinavam. Ali perto, também ficava o alojamento, com isso tinha uma convivência com os jogadores. A paixão que a minha mãe tinha, passou para mim. Nós rezávamos para o Mixto ganhar os jogos. Acabei me apaixonando também. Hoje ser médico do clube, podendo ajudar, me deixa muito feliz e realizado. 

Agora aos 64 anos, o médico se prepara para voltar às arquibancadas. Mas antes disso, prepara sucessores ao cargo de médico do Mixto. Alberto, filho mais velho já é médico, e André, filho do meio está no quinto ano de medicina, os dois planejam seguir os passos do pai.


86 anos, parabéns, Mixto!

Nesse dia 20 de maio, o Mixto completa 86 anos de história. A data comemorativa serve de inspiração, desejos e planos. Para esse torcedor apaixonado, o aniversário do clube traz boas lembranças, do tempo de glória.  

- Sonho em ver o Mixto onde ele merece, novamente no cenário nacional, brigando por títulos. O Alvinegro precisa voltar a ser aquele time que empolgava tanto os torcedores – concluiu.

Postar um comentário

0 Comentários