terça-feira, 30 de dezembro de 1980

CAMPEONATO ESTADUAL DE 1980

0

A VITÓRIA QUE DEU O BI-CAMPEONATO AO MIXTO ESPORTE CLUBE EM 1980 FOI ASSIM DESCRITA PELO JORNAL DIÁRIO DE CUIABÁ DO DIA 28 DE NOVEMBRO DE 1980:

"Com dois gols na etapa complementar, um de Ademar e outro de Bife, o Mixto conquistou ontem à noite no Verdão, diante do União de Rondonópolis, o seu terceiro bi-campeonato, comemorado até as altas horas da manhã pela galera mixtense, que lotou o seu lado no Verdão, fazendo um verdadeiro carnaval, após a marcação do primeiro gol mixtense, aos 9 minutos da partida, através de Ademar.

O primeiro tempo foi equilibrado, com as duas equipes perdendo boas chances, mas com a maior delas sendo jogada fora por Zuza, que, lançado por Xaxá, sozinho com Ernane cabeceou pela linha de fundo. Na etapa complementar, o Mixto voltou mais ofensivo e Tostão, com mais liberdade para se deslocar no ataque, acabou criando as duas jogadas de gol do Mixto, iniciando o lance que terminou com a conclusão de Ademar de fora da área e lançando Bife que, na velocidade, ganhou do zagueiro Gilmar e com categoria acabou desafogando a torcida mixtense aos 41 minutos da partida.

A defesa mixtense quando acossada evidenciou um jogo sério, principalmente pelo alto, em que pese o goleiro Ernane ter se perturbado em algumas oportunidades e intranqüilizando a torcida presente no Verdão. O meio de campo foi uma vez mais o ponto alto do time com Ademar, Fabinho e Tostão realizando boa partida, enquanto que no ataque, Bife foi o único jogador que levou perigo para a meta do União".

O Mixto jogou e venceu com: Ernane, Gilmar, Fumaça, Miro, Jairo, Fabinho (Capitão), Ademar, Tostão, Toninho Campos, Golê, Bife e Arildo.

Curiosidade: a exemplo do que se passa hoje, a Torcida do Mixto, já naquele ano, apresentava a preocupação de estruturar o Clube, como pode ser visto da seguinte transcrição, extraída do mesmo Jornal:

"Apesar de no aspecto futebolístico o Mixto ter hoje um patrimônio invejável, algumas preocupações norteiam os que torcem pela definitiva solidificação do Mixto como clube, onde possa ter renda própria e sem depender de constantes apelos de contribuição feitos à generosa fiel massa torcedora do Clube da Cândido do Mariano. Buscar fontes de rendas para o Mixto e manter a hegemonia do futebol de Mato Grosso devem ser preocupações básicas do presidente alvinegro e não existe época mais propícia para se lançar idéias e atrair a comunidade do que a atual".

Por João Raimundo

Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado por torcedores. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: contato@mixtonet.com