quinta-feira, 29 de abril de 2010

Mixto Master fecha oficialmente com Paulinho Kobayashi. 'Rixa' com Operário aumenta

7
O Mixto levou a melhor sobre o Operário e contratou o jogador Paulinho Kobayashi para defender o clube cuiabano na 17ª Copa Gazeta de Futebol Master, que começa no próximo mês. A diretoria mixtense e a operariana vinham disputando o atacante há algumas semanas, mas o jogador paulista resolveu por optar pelo ‘Tigre da Vargas’.

De acordo com Rosenil Luiz, dirigente do Mixto, Kobayashi, que atualmente joga no Campeonato Brasileiro de 'SHOWBOOL', irá atuar na estréia contra o Sinop, na manhã do dia 16, às 8h30, no estádio Eurico Gaspar Dutra (Dutrinha).

Busca por jogadores provoca 
‘rixa’ entre Mixto e Operário

A rivalidade entre Mixto e Operário, times que promovem o famoso ‘Clássico do Milhões’, não acontece somente nos gramados. A disputa entre os dois times com as maiores torcidas de Mato Grosso, se estende também na hora de contratar jogadores para a Copa Gazeta de Futebol Master. Ambos estão ‘brigando no tapa’ para contratar os melhores jogadores para a 17ª edição, que começa na manhã do dia 16 de maio, em Cuiabá.

Essa rivalidade tem deixado o dirigente do Operário, Osvaldo Cabral, irritado com a direção do 'Tigre da Vargas'. Cabral acusa os diretores mixtenses de assediar jogadores que já estão com contrato assinado na equipe operariana. “É uma falta de ética. O Mixto tentou cooptar os jogadores João Paulo, o Axel e o Silva, que já tem tradição na Copa pelo Operário, e que fecharam acordo conosco", diz o dirigente do time varzea-grandense.

Eles estão sem criatividade na hora de pensar em jogadores para defender o Mixto. Há tantos jogadores bons aí pelo Brasil, que não vejo sentido esse assédio todo para com os jogadores do Operário”, completa Cabral.

Por outro lado, o dirigente do Mixto, Rosenil Luiz, se defende das declarações dadas pelo dirigente do ‘Chicote da Fronteira’, alegando que o contato com jogadores de outros times é normal dentro do processo de formação de equipes. “Jogador é livre. Se nós temos interesse em contratar um jogador de outra equipe, por que não ir em busca? Todo time tem o interesse de ser campeão, e nós só estamos trabalhando pra chegar a esse fim", alega Rosenil.

Fonte: Luciana Cury/Master Liga
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado por torcedores. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: contato@mixtonet.com

7 comentários:

  1. Grande bosta. Prova de o diretor de futebol master é mais agil que o diretor do profissional, ou então o pessoal da mais importancia para o Master. Cambada de vagabundos

    ResponderExcluir
  2. Enquanto vimos as contratações do Mixto da categoria master avançando a dos profissionais vai muito devagar. Realmente da para acreditar que os diretores do Mixto fazem tudo errado

    ResponderExcluir
  3. TORCEDOR INDIGNADO29 abril, 2010 22:49

    ===========VAMOS DAR FIM NESTA COPA MASTER , PRA UM EVENTO DESSE , COM DESPESAS , GASTOS , ME RESPONDA , PRA QUE ?????? , PARA SATISFAZER EGO DE ALGUNS, EMPRESARIOS, E FAVORECER A OUTROS COM DESVIO DE VERBAS,,,,,, VAMOS PEGAR ESSE CAPITAL E INVESTIRI NOS TIME : OPERARIO, PALMEIRA, PQ. O MIXTO JÁ TEM...... VAMOS ENCABEÇAR UMA CAPANHA, PRA ACABAR COM ESSE EVENTO, URGENTE..............................

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Copa Gazeta Master não contribui com nada em se tratando de avanços no futebol de mato grosso, ao invés deste evento deveria ser Copa Gazeta Junior, onde os clubes pudesse dar oportunidades as seus jovens jogadores, os de base, aí sim. Mas não é este objetivo da Copa Gazeta, eles não estão nem aí para o futebol, querem é se promover, só isso, realmente temos que fazer pressão para que este evento ou seja remodelado para categoria de base ou que os clube não entrem mais nessa, a não ser que diretores estejam levando R$ por fora

    ResponderExcluir
  6. Ricardo Freitas30 abril, 2010 08:55

    O Pedro tem toda a razão. A Copa Gazeta só tinha razão de existir quando o matogrossense estava em decadência e o Mixto estava licenciado. Agora o que precisamos é apoiar o profissional e as categorias de base.

    ResponderExcluir
  7. Concordo, a idéia inicial do evento era forma de homenagear os nosso ex-craques, jogadores que viveram o tempo glorioso do futebol matogrossense, relembranças dos tempos bons do futebol da nossa baixada, hoje só for fazer a média do elenco a maioria é jogador de fora, nada tem a ver mais com nomes do nosso futebol, virou negocio esta copa gazeta. Neste evento quem lucra são empresários, politicos e principalmente a propria Gazeta que faz esta promoção, e os times??? só gastam dinheiro.

    ResponderExcluir

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!