quinta-feira, 20 de maio de 2010

Viola está confirmado e joga no Mixto Master contra o Dom Bosco

1
Tetracampeão mundial pela seleção brasileira em 94 nos Estados Unidos está confirmado pela diretoria alvinegra diante do Dom Bosco

Viola está confirmadono Mixto Master

O diretor de futebol do Mixto, Rosenil Luiz, garantiu a presença do tetracampeão mundial Viola no clássico diante do Dom Bosco pela segunda rodada da primeira fase da 17ª Copa Gazeta de Futebol Master -Troféu radialista William Gomes. O dirigente afirmou que a negociação com o atleta está fechada e as especulações sobre a não vinda do ex-jogador do Corinthians, Palmeiras, Vasco e Santos não "passa de dor de cotovelo" do rival Operário, que teria "tomado um boné" na negociação".

"Não haveria necessidade para eu mentir sobre a vinda do Viola. A negocição está fechada e ele será o nosso grande reforço para o jogo contra o Dom Bosco. É só esperar o domingo chegar para ver quem está falando a verdade", desafiou Luiz.

Na primeira rodada do torneio, o Alvinegro treinado pelo ex-jogador Fabinho Pinto empatou em 2 a 2 com o Sinop. Como houve igualdade entre Operário e Dom Bosco - 1 a 1 -, as duas vagas à final, marcada para o próximo dia 6 de junho, serão definidas só na terceira e última rodada da fase classificatória, marcada para o dia 30.

Porém, a rodada deste domingo é encarada pelos mixtenses de suma importância quanto à sobrevivência no torneio. Em caso de vitória, o time ficará a um empate para assegurar uma das duas vagas. Já derrota deixa a equipe numa situação complicada, já que teria que vencer o clássico diante do Operário e depender de outro resultado envolvendo Sinop e Dom Bosco. Já um novo empate não seria um péssimo resultado.

Para o clássico local, Fabinho Pinto contará com todos os reforços de fora. Eles são, além de Viola, o meia Marcelo Oliveira, o meia-atacante Riva, o lateral-esquerdo Cláudio Mendes e o atacante Eliel. Um dos poucos que sobressairam bem na estreia, Riva foi o destaque positivo do Mixto no empate frente ao Sinop.

O jogador, que também chamou atenção por atuar com chuteiras rosas, por certo momento do jogo colocou a defesa sinopense "à loucura". Rápido, Riva mostrou-se um agil driblador, mas esbarrava na ausência de um homem-de-área, um goleador. Com a confirmação da vinda de Viola, Fabinho Pinto deve sacar o atacante Testa, autor de dois gols no empate, para a entrada do atacante tetracampeão mundial nos Estados Unidos pela seleção brasileira em 94.

Viola formará dupla com Riva, com Paulinho Kobaiashi fazendo papel de um meia-armador. Já Rosenil Luiz afirma não vêr a hora de Viola entrar em campo e "calar a bola dos críticos, invejosos".

Questionado sobre o valor fechado para o atacante vir a defender o Mixto na Copa Gazeta de Master, Rosenil se negou a revelar quanto custará ao clube a negociação. "Seria uma tremenda falta de ética revelar valor da contratação, seja a do Viola ou de qualquer jogador do grupo", finalizou.

20/05/2010
fonte: Luiz Esmael/A Gazeta
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

Um comentário:

  1. Agora que já tem o Viola, só falta o pandeiro, o cavaco e o surdo. Junta-se pinga e cerveja e tá feito o baile. Só para lembrar: não se esqueçam do Samu ou UTI móvel. Master com baladeiro e pinguço é brincadeira né?

    ResponderExcluir

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!