quarta-feira, 30 de junho de 2010

MOSCA ENTRA NA JUSTIÇA CONTRA O MIXTO E QUER ARRANCAR 200 MIL

20
"Só estou reivindicando uma prestação de serviço que fiz ao Mixto. Nada além do que isso". A frase é do técnico Carlos Henrique Pedroso, o Mosca, ao falar sobre uma ação trabalhista ganha na Justiça do Trabalho orçada em mais de R$ 200 mil. Ele nega querer tirar proveito da situação financeira do clube, que hoje está sendo gerido com ajuda da Associação Amantes do Futebol e Amigos do Mixto (Afam), presidida pelo secretário da Casa Civil, Éder Moraes.

De acordo com Mosca, a ação movida contra o Mixto é a primeira em toda sua carreira de futebolista. "Nunca movi ação contra qualquer clube em mais de 20 anos de carreira de jogador de futebol. Até mesmo quando passei a exercer a função de treinador. No caso do Mixto, que é o primeiro na minha vida, só agi por conta da falta de respeito do clube com a minha pessoa. Chegou ao ponto de eu me sentir humilhado ao tentar receber o que tinha direito", desabafa Mosca, ressaltando que o processo é de sua passagem pelo clube na campanha de classificação ao Campeonato Brasileiro da Série C em 2008. Entre a reclamação do treinador, está salários atrasados e outros acordos trabalhistas não cumpridos na época sob presidência do ex-vereador por Cuiabá, Júlio Pinheiro.

Por sua vez, a atual diretoria do Mixto reclama que Mosca está irredutível em chegar a um acordo financeiro para pôr fim ao imbróglio. O advogado de defesa do Alvinegro da Vargas, Helinho Machado, tentou vários acordos em vão.

Mas Mosca se defende afirmando que a história é diferente. O treinador revela que em audiência conciliatória no mês de fevereiro passado, na Justiça do Trabalho, na presença do juiz trabalhista Luiz Aparecido Ferreira Torres, aceitou um acordo com o clube ao reduzir em 40% do total da ação ganha. No acerto, ficou decidido o Mixto depositar 60% do valor no último dia 10 de março, o que não foi cumprido pelo clube.

"Não foi eu que deixei de cumprir uma decisão judicial. Foi o Mixto. Abri mão de 40% da ação ganha, mas mesmo assim o pessoal não fez o depósito judicial. Só quero o que tenho direito e decidido pela Justiça", disse Mosca, que afirmou que o caso está nas mãos de seu advogado Manoel Rosa.

Já o diretor financeiro da Afam, Vivaldo Lopes, se restringiu a dizer que o Mixto vem tentando um acordo com Mosca, mas não está obtendo sucesso. Ele ressaltou que o caso vem sendo tratado pelo advogado Helinho Machado e o presidente do clube Márcio Pardal.

"Está difícil chegar a um acordo com o Mosca. O valor da ação é alta e estamos tentando um acordo para resolver esta pendência", disse Lopes, não querendo se aprofundar no assunto.

Fonte: Luiz Esmael/A Gazeta
30/06/2010
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado por torcedores. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: contato@mixtonet.com

20 comentários:

  1. O Título colocado na matéria nao é justa, a palavra "ferrar" não condiz com a situação, aliás, quem quer ferrar o ex-funcionário do clube é o próprio Mixto, deve tem que pagar. O Mixto tem que aprender a colocar gente profissional na sua diretoria, senão desta forma sempre terão processos nas costas. A diretoria do Mixto é fraca demais da conta, para não dizer burra, agora tem que pagar o Mosca

    ResponderExcluir
  2. Realmente foi infeliz o jornalista que colocou aquele título na materia. Quem deve tem que pagar, o Mixto mais uma vez penando com suas burrices. Isto que dá nao ter gente profissional na sua parte juridica e na sua diretoria, não sabem fazer contratos, aliás, não sabem fazer nada. O clube poderia estar em uma posição bem melhor com toda esta estrutura. Eles tem que investir em profissionais de verdade para fazer gestão no clube

    ResponderExcluir
  3. Ricardo Freitas30 junho, 2010 08:42

    Presta atenção gente, a diretoria atual não tem nada haver com isso, pelo contrário, eles estão tentando resolver. A culpa é do Julio Pinheiro e da forma como o Mixto se organizava antes. Agora, idependente disso, o Mosca ta sacaneando sim, é um fdp que quer se aproveitar do Mixto. "Serviços prestados"? porra nenhuma, ele não ganhou nada e era um puta retranqueiro que fez o Mixto sair da série C, é um aproveitador.

    ResponderExcluir
  4. Não importa se foi nesta ou em outra gestão, o Mixto responde independente do gestor, é o Mixto como pessoa juridica. E outra, não defendendo ninguem, mas se o Mixto deve tem que pagar, o Mosca esta no seu direito, se realmente tem divida como o Mixto tem que receber, esta no seu diretio, cabe o clube saber negociar da melhor forma, para isto precisa de gente com capacidade para tal

    ResponderExcluir
  5. Concordo com Cezar, todos tem que reivindicar seus direito, independente se ganhou ou não título, se foi nesta ou em gestões anteriores. Cabe ao departamento juridico do clube achar a uma alternativa, negociar de uma melhor forma possível, se é que existe a dívida também.

    ResponderExcluir
  6. Falta de gente séria no Mixto

    ResponderExcluir
  7. Acho q nao tem nada haver com o q o nosso amigo disse q o mosca quer si aproveitar ou nao q era retranqueiro ou nao... Ele esta no direito dele como qualquer trabalhador, si trabalhou tem q receber... Como todos sabem tanto como a comissao como auqele grupo de jogadores foram longe ate de mais na serie C, pelas condiçoes q tinham e infelizmente nao receberam nada por isso, pela classificaçao ou permanencia na serie C... Como o Julio Pinheiro fez cagada, a a tual diretoria tambem fez, entao estao todos quites, rsrs... Claro, sem defender o Julio, eh claro, rsrs...

    ResponderExcluir
  8. Não precisamos reclamar, pois o Mixtão está com a pedra. Temos a Afam, o grande empresário Pardal, nosso presidente eterno Riva, o papa Éder Moraes, e de quebra o Vivaldo. Resumindo: não vai faltar grana né? Paguem logo esta mala do Mosca que ele pára de encher o saco. Quem assumiu o Tigre já sabia das enormes e antigas dívidas do clube. As pessoas precisam entender, que não podem só usar o Mixto, sua marca, sua torcida e tradição para se lançarem na política ou aparecer para a sociedade. Devem assumir também o ônus de tudo isto, portanto não cabe choradeira e reclamações. Quem deve paga. Fica minha sugestão para aqueles bajuladores de plantão, que visam benefícios extra futebol, que são as alegrias do nosso time jogando e ganhando títulos, que façam uma campanha para angariar recursos, façam faixas, cartazes, aluguem ônibus, façam camisetas, se desloquem para praças públicas, enfim manipulem a galera. Desta forma resolve-se rapidinho a questão. Abraços para meus amigos Dezinho e Gatão, que andam sumidos, e toda a galera Mixtense.

    ResponderExcluir
  9. eu acho que esse o mixto for pagar isso ai pode dar Adeus o plano da serie D pois e muito dinheiro de uma divida passada alias divida da praga do julio pinheiro que quebrou o mixto e ate hoje não consegue negociar isso. voces acham que a afam vai pagar divida de outra diretoria se eu fosse o pessoal da Afam eu abandonava o barco e muito desanimador isso ai.

    ResponderExcluir
  10. Se o Mixto possui um departamento juridico de qualidade saberá negociar da melhor forma possível, de forma que o Mixto não sinta sériamente no seus cofres. Agora, se deve realmente tem que pagar mesmo, não pode fugir de seus compromissos, ou será que os seus diretores acham que fazer gestão é só ganhar??? não tem um custo??. Quem assume o clube sabe da situação que se encontra, ou pelo menos deveria saber. Cabê agora a parte juridica do clube negociar de forma sábia. Se o clube foge de suas responsabilidade então é um clube sem transparencia e sem seriedade, é ora de provar até onde o Mixto quer realmente ir, ou sé é só para usar como palanque politico. A HORA É AGORA

    ResponderExcluir
  11. julio pinheiro30 junho, 2010 12:35

    mais a divida e do mixto não da Afam se eles abadonarem o barco o tecnico vai se lascar pq sem afam o mixto não tem dinheiro nem para pagar o papel higiencico se eu fosse a Afam abadonaria o mixto isso da lucro nenhum não e ilusão isso ai

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  14. O Mixto não tem que ficar na dependencia da AFAM, pq eles ainda ficam dependendo da AFAM, os contratos dos patrocinios é feito com quem, Mixto ou AFAM???? Porra , o Pardal não tem competência para correr atrás de parcerias e patrocinios???? Não da para entender tamanha safadeza desta diretoria frouxa, aí tem

    ResponderExcluir
  15. O problema das dividas sempre irão continuar em toda gestão que passar pelo Mixto, por um simples fato, todos querem só tirar proveito do clube, AFAM mais que nada, essa turma quer ter o Mixto nas mãos, vem não

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  17. ATENÇÃO IDEALIZADORES DO SITE, POR FAVOR, CRIEM UM FÓRUM ÚNICO-GERAL PARA QUE POSSAMOS DAR CONTINUIDADE NAS DISCUSSÕES. DO JEITO QUE ESTÁ NÃO ESTÁ LEGAL. CRIEM UM FÓRUM ESPECÍFICO DO SITE, PARA DEBATERMOS TODOS OS ASSUNTOS E NÃO ATRELADO A UMA MATÉRIA SOMENTE.

    ResponderExcluir
  18. se a Afam sair o mixto morre e tenho dito, e so testar para ver

    ResponderExcluir
  19. thiago henrique01 julho, 2010 08:25

    O que realmente aconteceu foi que o Julio Pinheiro fez um aumento ficticio na certeira de trabalho do mosca para ele poder financiar a compra de um automovel.Depois disso de forma leviana o mosca está sacaneando o mixto. O mIxto deve acionar na justiça o mosca e o julio por ter usado desse espediente que só prejudicou o Mixto.

    ResponderExcluir

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!