quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Willam Kremer, Athos e Valderrma disputam vaga no meio campo. Cleiton está fora

13
O técnico do Mixto, Luiz Carlos Barbieri, não poderá repetir a mesma formação da goleada de 5 a 1 sobre o Náuas (AC) no último final de semana. Isso pelo fato do ala/meia Cleiton ter sido vetado pelo departamento médico para o jogo diante do Vilhena, marcado para o próximo domingo, às 18h, no estádio Dutrinha. O jogador voltou a sentir uma contratura muscular na perna esquerda e foi poupado dos trabalhos realizados na reapresentação do elenco na manhã de ontem.
Cleiton dribla marcadores em partida contra o Araguaia.
O ala/meia mixtense está fora do jogo contra o VEC

No estaleiro, Cleiton, que vem jogando improvisado no meio-campo, abre uma grande disputa pela sua vaga. Já recuperados, os meias William Kremer e Athos vão ter que disputar a condição de titular da camisa 10 com Valderrama, que vem entrando bem durante as partidas.

A favor de Valderrama está o fato do jogador estar em pleno forma física e técnica. Já Kremer e Athos estão voltando de lesões e ainda não se encontram em condição de atuarem 90 minutos de bola rolando.

Contratado para ser o ponto de desequilíbrio da equipe no Campeonato Brasileiro da Série D, Athos pode ter um trabalho específico voltado para melhorar a sua parte física. Inclusive, o jogador já foi aproveitado por Barbieri no final do jogo contra o Náuas. Mas Kremer e Valderrama correm por fora, principalmente o primeiro que era cotado para ser titular antes de se lesionar dias antes da estreia contra o Vila Aurora no último dia 18 de julho.

Fonte: Luiz Esmael/A Gazeta
11/08/2010
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

13 comentários:

  1. CONTINUAM AS ARTICULAÇÕES PARA A SUCESSÃO DE ORIONE NA FMF

    O atual secretário Estadual de Esportes e Lazer (Seel), radialista Laércio de Arruda, negou ontem que esteja participando da negociação para uma eventual sucessão ao presidente licenciado da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), Carlos Orione. Ele ressaltou que a sua única preocupação no momento é deixar o cargo da melhor forma possível.

    Mas fontes ligadas a Seel garantem que Arruda chegou a participar das três reuniões para tratar do assunto. O secretário estaria desempenhando o papel de intermediador entre direção da federação e o secretário Estadual da Casa Civil, Éder Moraes, que confirmou encontros com Carlos Orione e o vice, João Carlos Oliveira, hoje na condição de presidente interino da FMF.

    Em recente entrevista A Gazeta, o presidente da Associação Amantes do Futebol e Amigos do Mixto (Afam) revelou seu interesse de assumir o cargo de Orione. Inclusive, Éder Moraes já até colocou seu nome à disposição para ser avaliado pelos presidentes de clubes e ligas municipais.

    "A única preocupação minha é deixar a secretária zerada, com suas obrigações e metas cumpridas. Somente isso. Uma vez cumprida a minha missão quero retornar para Sinop no final do ano, em dezembro", frisou Arruda, que também negou interesse em ser presidente da FMF.

    Fonte: Luiz Esmael: A Gazeta

    ResponderExcluir
  2. MIXTO QUER DECIDIR LOGO O PRIMEIRO LUGAR DA CHAVE

    Vencer domingo e bem para consolidar de vez o primeiro lugar da chave, para isso Barbieri intensifica os trabalhos nesse começo de semana: Finalizações, bolas paradas e muita postura tática.

    Agora é preciso manter um foco aceso todo o jogo. Preparar para o espírito do mata-mata, critério da próxima fase.
    Cleyton preocupa e assim Athos esfrega as mãos e espera logo ser chamado para assumir a titularidade. Domingo às 17 horas a bola rola e a torcida já está no embalo, o Dutra é o grande palco.

    Fonte: Futebol Regional

    ResponderExcluir
  3. Ai galera vamos cobrar pra ter o Sócio Mixto " O Mixto e meu O Mixtao e nosso "

    ResponderExcluir
  4. Ai Roy, a diretoria não sabe lhe dar com estas coisas, eles não investem, poderia estar com uma melhor receita, a idéia Socio Torcedor seria uma grande ajuda financeira ao Mixto, assim como muitas outras opções, porém precisa investir em T.I. de outra forma não terão controle de nada, a turma lá tem que largar se amadores e procurar de alguma forma a agir como profissionais, se não sabem que procurem alguem do ramo que conhece, é questão de atitude por parte da diretoria, é o que falta ao meu ver

    ResponderExcluir
  5. É VERDADE, O QUE NÃO PODE É SAIR ATIRANDO PARA TUDO QUANTO É LADO ACHANDO QUE TORCEDOR É OTÁRIO, QUE VAI DAR DINHEIRO SEM RECEBER PRESTAÇÃO DE CONTA, TENHO CERTEZA QUE TEM MUITA GENTE QUERENDO AJUDAR, PORÉM NAS COXAS FICA COMPLICADO, O MIXTO PRECISA DE MAIS SERIEDADE

    ResponderExcluir
  6. Tem vários meios para o Mixto melhorar sua receita, só que lá ninguem tem visão de negócio, fica complicado, como alguns torcedores falam, realmente precisa de se tornarem mais profissionais, por exemplo, no CT poderia ter um espaço para a venda de seus artigos, camisa/boné/essas coisas, a turma realmente precisa correr atrás, senão fica sempre no vermelho

    ResponderExcluir
  7. TEM QUE HAVER UMA LOJA MIXTENSE EM CUIABA, VENDER DE TUDO , UMA LOJA ITINERANTE TAMBEM SERIA BOM NA HORA DOS JOGOS. EM RELAÇAO A CAMPANHA DE SOCIO TORCEDOR , O MIXTO FOI O PRIMEIRO TIME DO ESTADO A TENTAR FAZER ISSO , MAS NAO DEU CERTO , LEMBRO QUE UNS 5 ANOS ATRAS TINHAM VARIOS OUT-DOORS ESPALHADOS NA CIDADE CONVOCANDO TORCEDORES A SEREM SOCIOS , POR ALGUM MOTIVO NAO DEU CERTO.

    ResponderExcluir
  8. Aí jair, eu tambem lembro, vi estes out-doores, porém o motivo pelo qual não deu certo é que eles não estavam preparado para gerenciar o banco de dados socio torcedores, nem computador eles tinha na época, os que tinha, acho que um ou dois era emprestado, uma vergonha, naquela ocasião o lance era só para arrancar dinheiro mesmo da torcida, pois beneficio nenhum teriamos, pois impossivel contralar sem investimento em Tecnologia, então tambem de nada vai adiantar fazer isso agora sem investir, só que tem aquele lance, quem investe certo tem retorno garantido

    ResponderExcluir
  9. CONCORDO COM CEZAR, O MIXTO PARA CRESCER REALMENTE COMO CLUBE, TER UMA GESTÃO SÉRIA TEM QUE INVESTIR, CASO CONTRÁRIO O MIXTO SERÁ SEMPRE UM TIME DE TEMPORADA E SEMPRE SEM RECURSO PARA NADA, E AÍ FICAR DEPENDENDO DE POLITICAGEM PARA CONSEGUIR ALGUMA VERBA

    ResponderExcluir
  10. Eles tem que começar pelas coisa mais simples, mas fazer certo e aí vai avançando, agora nem isso eles dão conta, que é transferencia de horario de jogos, ingressos, coisas que qualquer outro cartolagem de clube por aí faria facim facim, tem que começar a lutar pelo clube e para seus torcedores

    ResponderExcluir
  11. SÓ 5 TIMES CONTINUAM INVICTOS NA SÉRIE D

    A Série D está em sua quarta rodada, como conta com 40 clubes, o dobro das Séries A, B e C, a expectativa era de um número maior de clubes sem derrotas. Ledo engano! Apenas cinco times ainda não caíram.

    O destaque maior é o CSA, que se classificou neste domingo. O time alagoano venceu todos os quatro jogos que disputou e ostenta 100% de aproveitamento no Grupo 4.

    O Mixto, outro time que vem bem e está classificado, já tem três vitórias e um empate no Grupo 2.

    Remo, Vila Aurora e Araguaína completam o seleto grupo de invictos.

    Fonte: Diário do Pará

    ResponderExcluir
  12. Concordo com as declarações anteriores quanto a possibilidade de ter recursos. Nos torcedores ;temos que incistir na proposta do Socio Torcedor, que se bem administrado,é um suporte financeiro para o time. Só que fiscalisado por um colegiado,diretoria e torcedores. A loja do mixto,já deveria ter sido montada há muito tempo,de preferência na Vargas,que é a origem do time. Não sei como ,mais a diretoria pode agir nesse sentido. Só assim deicharemos de ser um time de temporada.

    ResponderExcluir
  13. Pois é, hoje do jeito que esta o Mixto nao tem identidade, ou seja, pode existir agora como depois pode desaparecer, pq? porque não tem um trabalho continuo, não tem um projeto macro. Tem que investir nas categorias de base, coisa séria, investir em Tecnologia, e no projeto socio torcedor e aí consequentemente montar uma loja, que seja pequena, mas que venda seus artigos, aí sim poderemo acrditar que seremos um grande clube, fora isso, pelo menos para mim é tudo meio passageiro, não sabendo como será o amanhã do clube, se vai continuar existindo ou não, e a torcida tem que fazer parte deste grande projeto, como parceiros, todos com certezas ganharão

    ResponderExcluir

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!