quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Clima ruim: Mixto feminino embarcou para Goiás com problemas internos

1
A equipe feminina do Mixto  entra em campo hoje, às 14h30 de MT, contra o Atletas de Jesus-GO, no estádio Anibal Batista de Toledo, em Aparecida (GO), pelo jogo da volta da Copa do Brasil Feminino, com a necessidade de vitória. O duelo da ida, disputado no estádio Dutrinha, terminou em 1 a 1.

Antes do embarque, o treinador Celso Nunes (foto) relatou a desorganização nos bastidores da equipe, que não realizou sequer nenhum treinamento durante a semana.

O nosso diretor de futebol Milton Assunção está nos tratando com descaso. Não conseguiu nenhum campo para que pudéssemos treinar. As meninas só realizaram treinos físicos”, disse Nunes.

Outro problema é a indefinição de quem iria embarcar rumo à Aparecida (GO), onde será o jogo. “Algumas meninas trabalham e não conseguiram liberação. A principal perda será da atacante Piqui, uma de nossas titulares. Nem a relação de quem irei poder contar não saiu”, desabafou.

A reportagem tentou entrar em contato com Milton Assunção, mas não obteve sucesso.

Apesar dos vários fatores desfavoráveis, Celso não perde o otimismo em voltar com a classificação. “Independente de tudo vamos entrar em campo e buscar a vitória. Vou motivar as meninas, já que temos totais condições de avançar de fase. Nossa equipe sempre joga bem fora de casa e vamos em busca de manter isso”, cravou.

Fonte: Robson Boamorte/Fuebol MT
25/08/2011
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

Um comentário:

  1. MIXTO APOSTA NO RETROSPECTO FORA DE CASA PARA VENCER EM GOIÁS

    Desfalques preocupam o técnico Celso Nunes em jogo pela Copa do Brasil. Mas comandante confia no retrospecto de bons resultados fora de casa

    As tigresas do Mixto voltam a enfrentar as Atletas de Jesus (GO), nesta quinta-feira, às 15h30m (horário de Brasília), no estádio Aníbal Batista de Toledo, em Aparecida (GO), por uma vaga na próxima fase da Copa do Brasil feminina. O alvinegro cuiabano está desfalcado para a partida. Por problemas pessoais, a atacante Piqui está fora da disputa. Mônica, Duzinha e Caterine são dúvidas para o jogo desta tarde.
    Apesar dos desfalques, o técnico Celso Nunes acredita que o Mixto pode conseguir um bom resultado diante das goianas. Segundo o treinador, jogar fora de casa diminui a pressão em cima das atletas.

    - Nem sempre o jogo fora de casa é ruim. Nós temos realizado bons jogos fora de casa. Acredito que nos saímos melhor do que quando jogamos em Cuiabá. A torcida empurra a equipe, mas também coloca pressão. Como o resultado do primeiro jogo não foi o esperado, jogar sem a torcida ficar pressionado pode nos ajudar – ressaltou o comandante.

    Como o primeiro jogo, no estádio Presidente Eurico Gaspar Dutra, o Dutrinha, em Cuiabá, terminou empatado em 1 a 1, a vantagem é das Atletas de Jesus, pelo gol marcado fora de casa. Além da vitória, um empate sem gols também garante a equipe goiana na próxima fase.
    Já as tigresas precisam marcar de qualquer forma. Para avançar na competição, o alvinegro cuiabano precisa da vitória, ou de um empate por 2 ou mais gols. Um novo empate por 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis.

    Fonte: Globoesporte.com/MT

    ResponderExcluir

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!