sexta-feira, 27 de abril de 2012

WILSON CARRASCO ELOGIA TORCIDA DO MIXTO E ADMITE ESTAR DEIXANDO O CLUBE

3
Wilson Carrasco praticamente pediu demissão do Mixto pela Rádio CBN. A opção para a Série D seria Barbieri
Técnico Wilson Carrasco  e seu auxiliar Willian devem deixar o comando técnico do Mixto
Depois de duas temporadas com o Mixto, em 2010 e neste ano, o técnico Wilson Carrasco, finalmente, chegou ao fim da linha com o clube e, parece, não trabalhará mais no alvinegro, apesar de declarar, publicamente, que não tem nenhum rancor dos diretores e de admirar a sua torecida:

"Não pretendo ficar para a Série C", disse à Rádio CBN, minutos após o jogo em que o Mixto empatou com o Cuiabá , no jogo de volta pelas semifinais do Estadual, na quarta-feira 26, no Dutrinha.

Apesar de ficar demissionário, o técnico fez elogios à torcida: "como jogador e como técnico confesso ter visto poucas torcidas tão apaixonadas e ardentes como a do Mixto, nas duas ocasiões em que estive no futebol de Mato Grosso". E completou: "vou sentir saudades".

O técnico deve fazer as malas neste semana mesmo, já que a diretoria promete acertar com os jogadores para depois fazer caso liberações.

Barbieri volta?
Segundo fontes do Futebolpreess, a opção do Mixto para o Brasileiro da Série D, seria o ex-tecnico mixtense Carlos Barbieiri, que está no futebol brasiliense.

Fonte: Futebol Press
27/04/2012
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado por torcedores. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: contato@mixtonet.com

3 comentários:

  1. Wilson Carrasco, apesar do nome agressivo, faz o perfil do técnico "paizão". É o tipo que tende a lidar com jogador maduro psicologicamente e tecnicamente, porque não fica dando ordens o tempo todo durante o jogo, o que, claro, causa muita estranheza junto à torcida e aos cronistas esportivos. Mas para ter esse perfil, de achar que jogador se vira sozinho em campo, só com um elenco realmente maduro, tipo "Barcelona" ou "Chelsea". Não é o caso nem do Flamengo, nem do Corinthians, nem do Mixto. Jogador brasileiro é muito emotivo e débil quanto à formação psicológica, precisa de técnico que fique pegando no pé o tempo todo, e essa tem sido a imagem do técnico eficiente no futebol brasileiro. Mas, de qualquer modo, levou o Mixto à Série D. A torcida, em que pese os dias de angústia e sofrimento ao longo do estadual, também agradece ao Carrasco e deseja-lhe felicidades. Fez o que pôde com o atual elenco do estadual. E, sim, deixou seu nome escrito na história do Mixto.

    ResponderExcluir
  2. O Carrasco é um bom técnico, porém humilde. Isso, no futebol brasileiro não combina. Quem acompanhou os treinos do Mixto, viu o que ele passava para os jogadores, não era uma defesa rifando as bolas para o ataque, sacrificando o Marília e Furlan.
    Boa sorte Carrasco e obrigado por recolocar o Mixto na série D.

    ResponderExcluir
  3. antonio lucas, com esse time, pode trazer o tecnico do barcelona, q nao chega, muito limitado esse grupo, alguns ai pode fazer um microlins e mudar de ramo, a culpa é tda da diretoria e do treinador q montou esse time, teve td tempo do mundo, e tras isso ai, depois fica culpando o carrasco, assim é facil, da material humano e depois cobra seus dirigentes amadores.

    ResponderExcluir

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!