sexta-feira, 15 de abril de 2022

Odil: "confirmar favoritismo vencendo e convencendo". Técnico já tem base do time titular

3

Foto: Chico Ferreira (Jornal A Gazeta)

A uma semana da estreia no Campeonato Mato-grossense da Segunda Divisão, o técnico do Mixto, Odil Soares, decidiu assumir o protagonismo de seu time na acirrada briga por uma das duas vagas à elite da próxima temporada. Ao todo, são dez clubes em busca da ascensão à elite.


Vindo de uma boa e surpreendente campanha à frente do União de Rondonópolis no Mato-grossense deste ano — ficou com o segundo lugar, perdendo o título para o Cuiabá —, ele não tem dúvida do favoritismo do Alvinegro da Vargas. Porém, o comandante ressalta que esta questão têm que ser bem tratada e encarada com certa cautela.


“Por que tudo o que representa o Mixto, sua história, sua grandeza, a paixão da torcida e o atrativo que o clube consegue para si mesmo, é claro que é favorito. Mas eu trabalho essa questão com calma e pés no chão”, disse.


Em sua primeira passagem pelo clube de maior torcida em Mato Grosso, Odil quer evitar falsa expectativa. Para ele, o favoritismo fica do lado de fora das quatro linhas.


“Não podemos esquecer que teremos adversários de bom nível técnico. Todos merecem respeito e consideração por parte do Mixto. O negócio é confirmar favoritismo vencendo e convencendo durante nossos compromissos”, frisou.


Integrante da Chave B da Segunda Divisão, o ‘Tigrão’ da Vargas fará a sua estreia no próximo sábado, dia 23 de abril, diante do Paulistano, no estádio Dutrinha. O duelo está marcado para as 16h. 


Já com duas semanas de trabalho a frente do elenco alvinegro, Odil já tem a espinha dorsal do time titular, com:


Elias no gol; Michel, André, Abdalla e Vinícius; Ruan Bahia, Lucas e Peixinho; Pikachu, Igor e Toninho.


Fonte: Luiz Esmael/Jornal A Gazeta full-width

Author Image
Publicado por: MixtoNet

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

3 comentários:

  1. Adriano / Bosque da Saúde15 abril, 2022 09:42

    Isto mesmo, Odil. Sem menosprezar adversário, mas tem mesmo que assumir o protagonismo. Na Segunda Divisão do Estadual não dá mesmo para ficar humilde demais. É uma competição, vale salário de jogador, de comissão técnica, vale vaga na Primeira Divisão e o Mixto não pode ficar pensando em nada mais que não a classificação. Mixto tem que ser agressivo mesmo (em termos futebolístico, claro). Odil vem de uma campanha boa com o União pelo Estadual, embora o elenco unionino tenha tropeçado no início. O que Odil tem que trazer como experiência é que a Segunda Divisão é mais curta, e não se pode tropeçar e vacilar desde o primeiro jogo. Psicologicamente, cada jogador tem que estar ligado no jogo o tempo todo e disputando cada bola. O Bom Jesus de Cuiabá e São Benedito abençoem o Mixto nesta caminhada e nessa luta. Que a Páscoa para o Mixto seja mesmo uma travessia nesse mar de problemas que tem sido nos últimos anos.

    ResponderExcluir
  2. Bora mixtao tu és tradição.
    Vamos lotar o Dutra
    Bora MIXTÃO.

    ResponderExcluir
  3. O tigre precisa contratar mais pro elenco? O torneio é rápido mas por isso mesmo não dá pra contratar, treinar e entrosar em cima da hora, tem que ter um elenco com um bom banco tambem que de conta de substituir

    ResponderExcluir