domingo, 12 de junho de 2022

Mixto é campeão Mato-grossense 2ª Divisão invicto. Título veio com emoção, após pênaltis

4

Foto: Otmar Oliveira


O Mixto é o campeão Mato-grossense da segunda divisão 2022. Com uma campanha perfeita desde a fase de grupos, o Tigre da Vargas bateu o Cacerense nos pênaltis na noite deste domingo (12), no Dutrinha, e sagrou-se campeão estadual numa partida de teste para cardíaco após empate por 1 a 1 nos 90 minutos.

O título é a cereja do bolo após o time alvinegro ter conquistado o acesso para a primeira divisão na semana passada. O Cacerense também está com vaga confirmada na série A do próximo ano.

Desde a estreia até a grande final de hoje, o Alvinegro não perdeu uma partida. Na campanha, destaque para a goleada de 7 a 0 sobre o Paulista na primeira rodada.

O Mixto termina essa edição do campeonato com o melhor ataque, a segunda melhor defesa e a artilharia do campeonato. Foram 5 vitórias em 6 jogos, com 22 gols marcados e apenas 3 sofridos, com saldo positivo de 19 gols.

Toninho foi o chuteira de ouro do campeonato, com 7 gols marcados em 6 jogos disputados. Agora o reencontro do Mixto com a sua torcida é na Copa FMF, ainda este ano, e depois na Série A, em 2023.

Fonte: Rodrigo Costa/Gazeta Digital


O Jogo   


O Mixto iniciou a partida indo para cima, tanto que aos 2 minutos o atacante Toninho já havia feito um gol, que acabou anulado por ele estar em condições de impedimento. Aos 6, o camisa 9 recebeu livre e bateu bem colocado, mas o goleiro do Cacerense se esticou e foi buscar. Na sequência, aos 7, após cobrança de escanteio a bola sobrou para  Pikachu, que fez 1 a 0 para o Tigre.  

O Cáceres então tentou dar uma resposta e aos 12 minutos quase chega ao empate, após cobrança de falta. A partir de então o jogo ficou mais morno, com o Mixto procurando administrar e desperdiçando algumas chances de ampliar. Aos 24 o meia Peixinho fez bela jogada, bateu no ângulo, mas o goleiro Rafael foi buscar. Aos 27, Toninho tentou de bicicleta, mas a bola acabou saindo. Aos 38 o Cacerense fez mais uma tentativa, que novamente acabou nas mãos do goleiro Elias.   

A etapa complementar começou com o Mixto novamente indo para o ataque, com Pikachu se livrando da marcação e chegando com perigo logo aos 4 minutos. Na sequência, aos 13, Pikachu lançou o atacante Luan, que havia acabado de entrar, mas ele acabou trobando com o goleiro e não deu sequência à jogada.   
 
Aos 16 minutos Luan foi lançado e sozinho, de frente para o gol, não conseguiu ampliar. Logo em seguida, ao 18, em uma cobrança de escanteio o Cacerense empatou a partida com um gol de cabeça do zagueiro João Silva: Mixto 1 X 1 Cacerense.   A partir de então o jogo ficou mais nervoso, com o Mixto  tentando a todo custo fazer mais um gol e o Cacerense se defendendo, claramente querendo levar a partida para a penalidade máxima, e foi o que aconteceu. O juiz encerrou o jogo após 5 minutos de acrescimo e o duelo partiu para a emoção. 

O Mixto então venceu o jogo com cinco panalidades convertidas e apenas uma desperdiçada. O Cacerence fez quatro e errou duas, consagrando o goleiro Elias, que pegou dois pênaltis.   

Marcaram para o Mixto

Odail Júnior, Lucas Kattah, Pikachu, Juliano e Odair Júnior. Luan errou a cobrança. 

Já no Carerense, converteram suas penalidades: Guilherme Eloy, Jean Neves, Felipe Douglas e Mateus Alex. Erraram: Max Jesus e Eloison.      

Fonte: Wisley Tomaz/Pnb Online

Nas redes sociais, a assessoria do Tigre agradeceu à torcida, aos diretores, funcionários e aos patrocinadores



Ficha técnica

Mixto (5)1x1(4) Cacerense

— Campeonato Mato-grossense - 2ª Divisão 2022

— Fase: final / jogo único

— Local: Estádio Presidente Eurico Gaspar Dutra (Dutrinha)

— Data: domingo, 12/06/2022

— Hora: 17:30

— Árbitro: Luiz Paulo de Moura Pinheiro

— Assistentes: Gislan Antonio Garcia da Silva e Paulo Cesar Silva Faria

— 4º árbitro: Paulo Roberto Xavier dos Santos

— Público Pagante: 2.344 pessoas

— Público Presente 2.750 pessoas

— Renda: R$ 18.275,00

Gols: ...

— Mixto: Elias, Michel, André, Odail Júnior, Ruan, Fabinho (Vinicius), Michael (Lucas Kattah), Igor (Juliano), Antonio (Luan), Peixinho (Odair), Pickachu. 

. Técnico: Odil Soares.

 Cacerense: Rafael; Max, Guilherme, João Silva e Joã Danilo; Jean, Profeta, Yure e Mateus; Mateus Alex e Weslei. Técnico: Marcos Birigui.


Fonte: MixtoNet
Author Image
Publicado por: Evandro Moreira

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

4 comentários:

  1. Parabens Nação Mixtense por mais este titulo -Campeão MT 2ª Divisão -2022.

    ResponderExcluir
  2. A matéria precisa de uma correção ali no finalzinho? O Mixto, com o título da Segunda Divisão, já teria Copa FMF em agosto, ou seja, daqui a pouco mais de um mês. Reencontro com a torcida na Serie A de 2023, sim, mas reencontro com a torcida já daqui a pouco mais de um mês nesta competição.

    ResponderExcluir
  3. Valeu, Cacerense, tem que comemorar também a subida de divisão. Time jovem, mas aguerrido do Cacerense. Mereceu aplausos da torcida do Mixto ao final da partida.

    ResponderExcluir