segunda-feira, 4 de março de 2024

Opinião: Mixto a um empate de um desastre

0

 

(Foto: Gil Gomes)
   

O torcedor, que escutou de sua diretoria que teria um time forte, competitivo e que lutaria pelo acesso para Série C, está próximo de ver mais uma decepção.


Após 11 anos, desde 2013, o Mixto conseguirá ter uma temporada com o calendário masculino cheio, voltando a disuputar o Brasileirão Série D, além dos compromissos estaduais que envolvem a primeira divisão do mato-grossense e a Copa FMF.


Depois da derrota como mandante no Dutrinha nesse último sábado (02/03) no Clássico dos milhóes 265, o sinal de alerta para os torcedores foi ligado, pois uma eliminação agora, de forma precoce no estadual, pode comprometer os sonhos da diretoria, de seu investidor e de seu torcedor.


Nesse ano, ao contrário do ano passado, apenas o estadual dará as duas vagas para os dois melhores do mato-grossense para a Série D do ano que vem. Em 2023, era uma vaga pelo Estadual para o melhor colocado, e uma vaga pela Copa FMF, onde o Mixto se sagrou campeão e voltou ao cenário nacional após longos anos. Uma eliminação agora, nas quartas-de-final do mato-grossense, tira qualquer possibilidade de Série D para o ano que vem.


O começo relativamente bom, comparado aos últimos anos do clube no estadual, foi animador para seu torcedor, porém ainda muito além do que o clube precisa mostrar para almejar coisas maiores na temporada, como ficar entre os melhores do estado, e ficar acima de 60, dos 64 clubes do Brasil todo na Série D. Lembrando que a Série D não tem rebaixamento e nem permanência, então, caso seja eliminado do estadual na próxima semana, o clube precisa ficar entre os 4 melhores da Série D de 2024, e nas últimas vezes que esteve lá, bateu na trave de subir para Série C em várias oportunidades.


Em entrevista ao Mídia News em Junho de 2022, Dorileo Leal, empresário e investidor do clube, disse naquele momento que o objetivo do projeto seria que em 6 anos, o Mixto estivesse na Série B do Brasileirão, e que em 10, na elite nacional, e uma falta de calendário no próximo ano seria um total desastre para os planos e para a promessa que fez aos fanáticos mixtenses.


Ao torcedor alvi-negro, resta torcer muito para que o time vença o seu maior rival no Dito Souza, 16h, nesse domingo por pelo menos dois gols para se classificar de forma direta para a semi-final, ou por um gol e derrotar o CEOV nos pênaltis para assim, ter mais uma chance de garantir mais um ano de calendário e boas perspectivas para o clube e seus torcedores que lotaram o Dutrinha na derrota de sábado.


Fonte: Opinião Lucas Sarmazi / MixtoNet

Author Image
Publicado por: Lucas Sarmazi

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!