Opinião: "No Mixto, vencer e ganhar título é sempre obrigação"


O técnico Zé Roberto foi muito infeliz ao declarar que o Mixto "não precisa ganhar o título" da Copa Mato Grosso. Um técnico que pretende treinar o mais tradicional time da região não pode pensar pequeno, um técnico do Mixto jamais pode entrar em uma competição para perder, isso é desmerecer nossa história.

Talvez Zé Roberto não saiba, se for o caso, alguém da diretoria precisa urgentemente avisar ele que o time que ele treina é 24 vezes campeão estadual, é o único tetra campeão Mato-grossense, campeão do Centro Oeste, campeão de tudo que já disputou em nosso estado. É inclusive o atual campeão da Copinha.

Se o técnico diz que o time não precisa vencer, como vai querer jogadores motivados em campo? Se não precisa ser campeão, por que a torcida irá ao estádio então?

Tudo bem em encarar a Copa MT como laboratório para o Estadual e outras competições de 2014, está certo. O que não pode é em plena semifinal de competição, contra um dos maiores rivais, fazer experiência. Não se faz experiência em jogo valendo vaga na final, experiência se faz em pré-temporada, jogo-treino, amistoso, primeira fase...

É justamente o contrário, professor Zé Roberto: ganhar o título é obrigação sim senhor!

O Mixto tem a base pronta da Série D; o União montou o time agora; o Luverdense joga com o time B. O Mixto deixou escapar a classificação para a Série C e o título no campeonato estadual. Nessa conjuntura o Mais Querido tem o dever de ser campeão. Aliás, nessas circunstâncias, contra adversários relativamente fracos, se o técnico não conseguir o título será que tem competência para comandar o Tigre na Copa Verde, no estadual e na Série D?

Pensamento pequeno aqui não. O Mixto é gigante e sempre entra em campo para vencer e ser campeão! 

Por Fábio Ramirez, editor do Mixtonet e vice-presidente da Boca Suja

16/11/2013