14.11.16

COPA FMF: MIXTO DESPACHA DOM BOSCO NOS PÊNALTIS E PEGA O CUIABÁ NA FINAL


Atletas fazem símbolo da torcida mixtense após eliminar o rival
O Mixto está de volta a uma final depois de quatro anos, desta vez vai decidir o título da Copa FMF Sub-21. O Alvinegro da Vargas empatou em 0 a 0 com o Dom Bosco na noite desta segunda-feira (14) na Arena Pantanal e buscou a vaga nos pênaltis, ao vencer por 4 a 3.

Agora o Mixto encara o Cuiabá Esporte Clube na grande final. Na decisão, está em jogo uma vaga na Copa do Brasil 2017.

Diante de um público de 1.744 torcedores na Arena, as torcidas aproveitaram a permissão definitiva da entrada de instrumentos musicais nos estádios e fizeram uma bela festa. Os mixtenses, em maioria absoluta nesta noite, viram o Alvinegro jogar melhor na primeira etapa.

A grande oportunidade da metade inicial veio aos 30 minutos com o atacante Kelvy. Na saída do goleiro Victor, o mixtense ‘tirou’ demais e jogou pra fora. Já no finzinho da primeira etapa, o Azulão conseguiu uma bela jogada e o goleiro Felício teve que espalmar chute forte de fora da área.

O segundo tempo teve o Leão da Colina crescendo no clássico, alterando o cenário dos primeiros 45 minutos. Aos 29’, a iluminação do setor Norte da Arena apagou e a partida ficou paralisada por mais de 20 minutos.

Logo que a bola voltou a rolar, o Mixto teve um escanteio e, após bate-rebate, o goleiro Victor teve que fazer ‘milagre’ já em cima da linha. No último lance, Felício protegeu mal a bola após lançamento e quase os atacantes dom-bosquinos ficaram com o gol aberto para marcar. A zaga Alvinegra conseguiu se recuperar no lance e evitou o que seria um fim trágico.

Nas cobranças de penalidades, Leonardo isolou pela equipe do Mixto, enquanto que Boré chutou na trave e Profeta também errou pelo lado Azulino. Coube ao atacante reserva Jhonas converter a cobrança que deu a classificação para o Mixto.

Vitor chegou a fazer uma defesa parcial, mas a bola entrou. Festa do Mixto, finalista da Copa FMF sub-21. A primeira final contra o Cuiabá já é nesta quinta-feira (17), novamente na Arena às 20h.
Foto: Thiago Mattos/Olhar Esportivo
Escalações

Mixto: Felício, Joeliton, Warley, Victor Hugo e Luiz Henrique; Walter, Leonardo, Vinícius e Matheus; Túlio (Jhonas) e Kelvy (Júlio).

Dom Bosco: Victor, Erick, Bruno, Boré e Wilson; Breno, Miqueias (Ramão), Profeta e Igor; Thiago Vinícius (Vitor Daniel) e Bruninho.

Fonte: Thiago Mattos / Olhar Esportivo
14/11/2016

2 comentários :

Silvio disse...

O meio de campo do Mixto estava produzindo boas jogadas, acionando bastante principalmente os pontas, que chegavam bem até próximo à linha de fundo e à grande área, mas faltou a partir dali um pouco mais de incisão na finalização das jogadas: ou o ataque chegar junto mais rápido ou os pontas arriscarem mais os chutes de meia distância. Em jogo final uma jogada dessa é decisiva e o meio de campo e o ataque precisam arriscar mais, alguém ali tem que chamar e produzir a jogada. Sou Mixto.

wladson disse...

tambem achei que faltou um pouco mais de agressividade. não to dizendo agressão física, não é isso, claro. falo ataque com mais chegada e chute a gol

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!