segunda-feira, 15 de março de 2010

Gaúcho não crê em corpo mole, mas diz que muitos não merecem vestir a camisa do Mixto

5
Desolado e atônito. Assim pode ser definido o estado de espírito do diretor geral do Mixto Esporte Clube, Luis Carlos Tóffoli, o Gaúcho (foto). Sem entender direito o que está acontecendo com o time, o dirigente disse agora cedo não concordar com as afirmações do volante Kiko mas admitiu estar decepcionado com alguns atletas.

Não acho que exista corpo mole, não tem razão para acreditar nisso”, afirmou no início da manhã de hoje, por telefone, antes de se dirigir para uma reunião com a comissão técnica. “O que eu tenho certeza é que muitos jogadores deste elenco não tem condições, não merecem vestir a camisa do Mixto. Falta qualidade técnica, estrutura emocional”, garante.

Sobre o jogo de ontem, Gaúcho considera que o Mixto foi “totalmente envolvido a partir dos quinze, vinte minutos do primeiro tempo”, ressaltando que “começamos bem, tivemos chance de fazer dois a zero, mas deixamos o Vila crescer e simplesmente não conseguimos reagir. Foi uma queda de rendimento absurda e difícil de entender”.

Sobre as providências, o ex-jogador diz que “não adianta mandar uma turma embora e contratar outra. A classificação ficou quase impossível, mas temos que mobilizar este grupo que está ai para evitar o rebaixamento. A Série D continua sendo nosso maior objetivo para este ano, mas é questão de honra fechar o Estadual de forma decente”.

Depois de se reunir com a comissão técnica Gaúcho deve ter ainda hoje uma reunião com o presidente Márcio Pardal e o presidente da Afam, Eder Moraes

15/03/2010
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

5 comentários:

  1. Cezar:
    Nem é para entender mesmo, nesta altura do campeonato agora é esquecer o matogrossense e pensar no brasileirão, fizeram tudo errado desde o inicio agora ficou mais complicado, porque envolve tambem não só a parte técnica como tambem emocional e psicologica da equipe. Não comento mais que tambem a diretoria do Mixto não é profissional. A diretoria não tem critério algum nem para contratação e nem para dispensa de atletas, infelizmente agora é amargar o sonho. Eder pode até ter vontade, mas de futebol não entende nada muito menos o presidente do Mixto

    ResponderExcluir
  2. Cada dia que passa ficamos cada dia mas preocupados, o nível da Série D é teóricamente melhor que o do Estadual, se mantivermos esta base como será???, teremos praticamente 2 meses sem jogos, as equipes que tiverem um time estruturado sairão na frente e teremos mais uma vez que correr contra o tempo até quando ??????

    ResponderExcluir
  3. TIME QUE TEM ESSA FILOSOFIA DE MONTAR E DESMONTAR, SÓ SE FODE MESMO,O PALMEIRINHA MANTEVE A BASE E SE REFORÇOU COM EX JOGADORES DO MIXTO ,ESTÁ FAZENDO UM BOM CAMPEONATO ATÉ GANHOU DO UNIÃO, PENA QUE E SSA TURMA NÃO TEM COMPROMISSO É SÓ POLÍTICA ESSE EDER QUER MANCHETE, TEVE SÓ QUE AO CONTRÁRIO ,MIXTO É AMOR PAIXAÕ NAÕ DEIXEM ELES MISTURAREM QUE SENÃO É FERRO SACO DE PANCADA.

    ResponderExcluir
  4. Cezar:
    MIXTO É UM CLUBE QUE TEM MUITO AMADORISMO NO COMANDO, ESTAVA NA CARA QUE IA DAR O QUE DEU, SÓ DE CONHECER OS NOMES QUE COMANDAM O MIXTO JA SE IMAGINAVA TUDO. ALÔ SR. EDER, SR. PARDAL, SE LIGUEM, CONHEÇA AS PESSOAS QUE SE DIZEM AMIGO DO MIXTO, TEM GENTE AÍ DENTRO FAZENDO MANDIGA E TORCENDO CONTRA, "PIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER ENCHERGAR"

    ResponderExcluir
  5. o primeiro safado que tem que sair do misto chama gerson lopes o cabrinha sem personalidade

    ResponderExcluir

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!