domingo, 16 de maio de 2010

OPINIÃO: Tenho medo deste ‘filme’…

12
Por Davi Cézar

Não sou advogado do ex-jogador Gaúcho, e nem pretendo. Temos um bom relacionamento, mas a opinião que vou externar a seguir nada tem a ver com isso. Tem a ver com o Mixto. Aliás, mais com o futebol da Baixada Cuiabana de uma forma geral do que com o Alvinegro apenas. E o objetivo é um só: alertar para que não seja seguido o mesmo caminho equivocado do ano passado.

Em 2009, desde o início do projeto da Afam, já dizíamos nos microfones da Equipe de Ouro da Rádio CBN sobre a necessidade da contratação de um ‘gestor’ para o futebol do Mixto. Depois dos fracassos nos certames regionais (de 2009 e 2010) e na Série D, o próprio Éder Moraes admitiu que ‘o negócio’ de contratar e administrar o dia a dia dos jogadores não era a sua praia.

Tanto é verdade, que saiu em busca de alguém para a função e acabou escolhendo Luis Carlos Tóffoli. A partir dali, o Tigre ganhou um pouco mais de organização, planejamento, consistência e ordem no seu departamento de Futebol. Evitou o rebaixamento local e colocou os pés no chão com um projeto mais ou menos definido para a Série D.

Parecia que a Era dos mandos e desmandos dos plenos poderes dados aos técnicos Marcelo Vilar e Roberto Cavalo eram coisa do passado. Mas, pode ser que não. A perigosa informação passada pela assessoria alvinegra, de que a função antes exercida por Tóffoli será “dividida entre o presidente, comissão técnica e administrativo” não me parece ser uma boa idéia.

O Mixto, como qualquer outro clube de futebol onde a coisa é realmente profissional, precisa de um diretor de Futebol. É assim no mundo. Não seria aqui, na periferia do futebol nacional, que iríamos mudar isso.

Gaúcho não serve? Tudo bem, vamos atrás de outro nome. Mas que seja alguém que conheça nosso futebol, que tenha compromisso com Cuiabá e Mato Grosso, que possa levar adiante um projeto duradouro e que evite o desperdício, os equívocos e os micos que o Alvinegro viveu de uns tempos para cá.

Quero deixar bem claro que, até que se prove o contrário, o técnico Luis Carlos Barbieri merece todo nosso respeito, confiança e apoio. A questão não é com ele, é com o Mixto, com o futebol regional. E independente da capacidade ou não do treinador, o time precisa de um diretor de Futebol.

Enfim, fica este modesto alerta, pautado pelo medo de rever um ‘filme’ ainda bem vivo na memória de todos nós graças a protagonistas do naipe de um Cavalo, Vilar, Alex Dias, Finazzi, Perdigão e tantos outros, sob o enredo de uma diretoria que pecou por achar que sabia demais.

16/05/2010
fonte: Craques do Rádio
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado por torcedores. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: contato@mixtonet.com

12 comentários:

  1. Concordo em tudo com o Davi Cezar,e realmente o Mixto tem agora o momento histórico na sua vida,de sequir o exemplo do Atletico-go,que com certeza,tem um Diretor de Futebol competente,e independente,e o Gaucho estava fazendo seu papel muito bem.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Reghis disse:
    16/05/2010 às 20:32Parabéns Davi, pelas suas colocações. Também não sou advogado do Gaúcho, e sabemos que ele não é uma unanimidade, mas não concordamos do modo como as coisas foram resolvidas e continuam sendo geridas(?) no Mixto. O Mixto perdeu com a manutenção do Barbieri, e o Gaúcho ganhou, pois para mim ele saiu mesmo tendo razão. No auge dos meus 41 anos, nunca vi um clube da capital com tanto dinheiro e tamanho investimento. E o que conseguimos até agora? Nada. A estrutura que está sendo construida é fruto dos recursos conseguidos, e não da capacidade administrativa dos gestores do tigre. Temos pessoas inteligentes e capacitadas como em qualquer outro estado do país. Não dá para se aceitar tantos desmandos e amadorismo, como destes chamados diretores do tigre e Afam. Naturalemnte você está sendo ético e moderado, mas na minha modesta opinião, se o Mixto não se DESPOLITIZAR, e não colocar pessoas em funções para as quais estejam aptas, não descentralizar as decisões e não se departamentalizar, não chegaremos a lugar algum. Todos na cidade sabem da falta de capacidade das pessoas que estão à frente do Mixto. Nada contra ninguém. Eles são úteis, mas não para contratar, administrar um clube de futebol e comandar a boleirada. Acredito que se houverem contratações de pessoas certas, para as áreas carentes que estão relacionadas principalmente com a gestão do futebol, poderemos sonhar com excelentes resultados. Caso contrário, infelizmente “o flime” vai se repetir. Que DEUS ilumine à todos.

    ResponderExcluir
  4. Concordo com tudo que o Davi escreveu! Mas acho que o Gaúcho, apesar de querer ganhar muito dinheiro para desempenhar sua função, estava indo muito bem, ele é competente pena que ali não havia mais clima para ele ficar. Estou começando a disconfiar que quem criou o clima para derrubar o Gaúcho foi o Barbieri. OLHO DE TANDERA!

    ResponderExcluir
  5. mixtense apaixonado16 maio, 2010 22:35

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Andrelino. davi cesar, você não me engana. Você já demostrou que veio para Cuiabá, não para somar e sim para dividir. Se você gostasse de Cuiabá e quissese o melhor para a Capital torceria para o MIXTÃO e não para time do interior (operário). Se você que veio não sei da onde, que é um pau rodado dos mais podres que já passou por aqui, acha que o nosso futebol é de periferia, volta para a sua terra. Para mim, o MIXTÃO é o MELHOR TIME do Mundo, é do Centro da Melhor Cidade do Mundo e é o maior Campeão do Melhor Futebol do Mundo, Futebol sem máfias da CBF, sem máfias do Tráfico ou de qualquer outro submundo igual ao seu. Da periferia é a sua sabedoria.

    ResponderExcluir
  7. Voces estão é engando, o lance da diretoria do Mixto é tudo interesse financeiro e politicos, foram outras coisas mais, ali é casa de cobra criada, o Gaúcho não esta preocupado com o Mixto, engana-se quem acha ele um super profissional, ele estava é ganhando com o clube, e como a diretoria não quer dividir e perder o poder entraram em um bom acordo,podem ter certeza. O Mixto não vai para frente tão facil, pq a diretoria tem outros interesses. Toda informação que nós chega em relação do Mixto é tudo balela, conversa fiada, infelizmente a realizade é outra, esta longe de algo tão sério por lá. Sou torcedor do tigre, vou continuar sendo, mas a turma que comando o Clube não me engana, pode até chegar a série C novamente, meio que nos trancos e barrancos, mas para seguir em frente muita coisa tem que mudar

    ResponderExcluir
  8. Na verdade ninguem da diretoria do Mixto me engana, alí é sinistro. Clube sério??? Nada em Mato Grosso é sério, imagina futebol

    ResponderExcluir
  9. A AFAM TEM QUE CONTRATAR UM GESTOR DE FUTEBOL URGENTISSIMO, CHEGA DE BALELAS ABRE OS OLHOS, PORQUE HORA QUE ESSA TORCIDA COMEÇAR A COBRAR DE VCS NÃO VAI SER FACIL, SE O MIXTO FOR MAL NA SERIE D, AS COBRANÇAS VIRAM PODE SER ATÉ COM VIOLENCIA, ABRE OS OLHOS ENQUANTO É TEMPO, O MIXTO NÃO PODE VIVER DE APROVEITADORES E POLITICOS SAFADOS.

    ResponderExcluir
  10. O problema é que o Mixto sempre foi comandado por politico safado, é dificil de acreditar que o clube vá longe. Pode até sair bem na série D, mas não da para ver o Mixto por exemplo nem na série B do brasileirão, pelo menos com esta galera que esta aí no comando do clube, pior que entra e sai gente tudo da mesma ladainha. O Poder no Mixto hj é dividido. O Mixto é um clube sem comando

    ResponderExcluir
  11. Só quero saber seguinte, por que só agora o Eder Moraes se interessou pelo Mixto?? Nunca vi o cara em nenhum jogo do Mixto, nunca vi em estadio de futebol. No Mixto manda quem joga mais dinheiro, por isto todo mundo contrata, todo mundo escala e por aí vai. Realmente também não acredito que o Mixto vai muito longe

    ResponderExcluir
  12. Cezar, tanto o Eder como todos os políticos de MT, estão vendo o futebol como o meio mais fácil de alcancar seus objetivos tanto políticos (quem não quer estar no poder nós próximos 4 anos? como financeiros ( qual o meio mais fácil e menos problematico de se fazer dinheiro que op futebol?) A unida finalidade dos abutres que sempre deixaram o futebol de MT de lado é lucrar lucrar e lucrar e o Futebol, a instituição Mixto e o torcedor que ... votem neles senão...

    ResponderExcluir

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!