terça-feira, 27 de julho de 2010

Trio de arbitragem para Náuas x Mixto será novamente de Brasília. Jogo será em Mâncio Lima

3
A comissão de arbitragem da CBF anunciou na tarde de ontem o trio de arbitragem para o jogo de domingo entre Mixto x Náuas. O jogo está marcado para as 17 horas (horário de Brasília) no estádio Totão, na cidade de Mâncio Lima no Acre.

- Arbitro: José de Caldas Souza (DF)
- Auxiliar 01: Cesar Augusto de Oliveira Vaz (DF)
- Auxiliar 02: Renato Miguel Vieira (DF)
- Arbitro 04: Antonio Neuriclaudio (AC)
- Observador da CBF: Eneas Euzébio (AC)

Estádio Totão na cidade de Mâncio Lima, distante 66 km da cidade sede do Náuas que é Cruzeiro do Sul
Onde Fica Mâncio Lima?


Em vermelho Mâncio Lima - onde o Mixto jogará contra o Náuas - e em amarelo a capital do Acre, Rio Branco. No detalhe à esquerda mostra onde fica o Acre no Brasil. A cidade de Mâncio Lima fica a 666 km da capital Rio Branco, e a 66 km da cidade sede do Náuas, o Cruzeiro do Sul.


Fonte: Futebol Regional - Redação MixtoNet
27/07/2010
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

3 comentários:

  1. NÁUAS TEM NOVO TÉCNICO E QUER VENCER O MIXTO

    Com o desligamento do técnico Marcelo Altino, após o empate com o Vila Aurora, o Náuas EC, adversário do Mixto nesta próxima rodada, no domingo, recontratou o técnico Fernando César, o Neneca, que comandou o clube exatamente antes de Altino. O novo treinador começa a preparação do time amanhã.

    Por telefone, o presidente do Náuas, Edvan Marques, disse ao Futebolpress que o seu time precisa reverter os resultados, a começar pelo confronto com o Mixto, que é o líder da chave, após vencer de virada o Vilhena, no domingo passado, por 2 x 1. “Precisamos vencer o jogo a todo custo, sob pena de ficarmos fora da próxima chave”!, afirmou ele.

    Fonte: Futebol Press/Jorge Maciel

    ResponderExcluir
  2. MÂNCIO LIMA É MENOR QUE O CPA

    A cidade de Mâncio Lima onde no próximo domingo o Mixto enfrentará o Náuas de Cruzeiro do Sul possui uma população 10 vezes menor que o bairro Morada da Serra, também conhecido como "CPA", em Cuiabá. O bairro da Capital, que possui hospitais, agências bancárias, escolas e um forte comércio, possui uma população de cerca de 200 mil habitantes. Mâncio situa-se às margens do rio Moa e originou-se do povoado Japiim, referência ao nome de uma ave que se aninha nos buritizais da região. Este povoado se localizava dentro do Seringal Barão, de propriedade do Coronel Mâncio Lima. Em 1913, foi transformado em vila e em 1´ de março de 1963 foi elevado à categoria de município, passando a exercer a autonomia política a partir de 14 de maio de 1976. O atual nome da localidade refere-se ao seu fundador, o coronel Mâncio Lima que foi uma das principais lideranças políticas do Juruá e um dos líderes da Revolta Autonomista que ocorreu em Cruzeiro do Sul, em 1910.

    Atualmente, o município de Mâncio Lima é o décimo mais populoso do Acre e possui a décima maior extensão territorial. Conforme o censo de 2007, Mâncio Lima tem 13.785 habitantes em uma área de 4 672 km (3,0 hab./km).

    A economia local possui uma forte ligação com Cruzeiro do Sul por via terrestre e também com a cidade de Rio Branco, no período seco, através da BR 364. O município já foi um grande produtor de café e concentra suas atividades produtivas na agricultura, com destaque para a mandioca. Desta mandioca de qualidade excepcional é feita grande parte da famosa "farinha de Cruzeiro do Sul", conhecida nas outras regiões por sua excelência.

    Mâncio Lima limita-se ao norte, com o estado do Amazonas; ao sul e a oeste, com a República do Peru; a leste, com o município de Rodrigues Alves e a nordeste, com o município de Cruzeiro do Sul.

    O ponto extremo oeste do território brasileiro está localizado neste município.

    Mâncio Lima está distante 666 quilômetros da capital Rio Branco e a 66 quilômetros de Cruzeiro do Sul, a cidade-sede do Náuas.

    Fonte: A Gazeta

    ResponderExcluir
  3. PASSGEM DE AVIÃO PARA ASSISTIR O JOGO DO MIXTO CUSTA MAIS DE MIL REAIS

    A viagem - Apertem os cintos e dosem a paciência senhores passageiros: a maratona alvinegra vai começar. Ao contatar algumas agências de viagens para obter informações sobre os vôos e seus custos para a Região de Cruzeiro do Sul, no Acre, a reportagem de A Gazeta obteve algumas informações, que com certeza devem estar preocupando os mixtenses. Primeiro: não há vôos de volta no domingo; segundo: haverão duas escalas antes da chegada a Cruzeiro do Sul, e terceiro: cada passagem custa a bagatela de R$ 1.060,00, só a ida.

    Fonte: A Gazeta

    ResponderExcluir

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!