terça-feira, 5 de outubro de 2010

Clubes se articulam para derrubar a indicação do União no arbitral da FMF

1
Uma articulação entre os principais clubes de Cuiabá - Mixto, Operário e Cuiabá -, mas alguns do interior como o Luverdense pretendem derrubar a indicação do União Esporte Clube para representar Mato Grosso no Campeonato Brasileiro da Série D de 2011. Os dirigentes das equipes fecharam acordo no sentido de pressionar o presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), Carlos Orione, a voltar atrás da decisão tomada após o término do Mato-grossense deste ano.

A pressão em cima de Orione será durante a realização do Arbitral Técnico da 7ª edição da Copa Mato Grosso, marcado para a próxima quinta-feira dia 7, na sede da FMF.

Os três clubes da capital do Estado, mais Luverdense e Vila Aurora vão tentar mudar a ideia do campeão estadual deste ano ir para a Série D. As equipes vão reforçar que a Copinha continue valendo como torneio seletivo para a competição nacional e não o Mato-grossense como prevê a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Por ter a garantia do presidente da entidade que comanda o futebol profissional de Mato Grosso de que estará na Série D de 2011, a diretoria do União chegou até abrir mão da Copa Mato Grosso. O clube só voltará as atividades no início de janeiro de 2011 quando começará a preparação e montagem do elenco para o Campeonato Estadual e a Copa do Brasil.

Em sua curta e rápida passagem pela presidência da FMF, o presidente do Mixto, empresário Márcio Pardal, chegou a articular um Arbitral Técnico no sentido da Copinha valer vaga para a Série D do Brasileiro do próximo ano. Contudo, Carlos Orione decidiu invalidar tudo que havia sido decidido no encontro.

Fonte: Luiz Esmael/A Gazeta
05/10/2010
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

Um comentário:

  1. OPINIÃO: ELES FORAM ELEITOS, AGORA É ESPERAR E COBRAR O APOIO AO FUTEBOL DE MT

    Por Orlando Antunes

    Passados os mais de 30 dias massantes, fruto da divulgação do horário eleitoral gratuito, é hora de voltar às coisas da bola. Principalmente porque, muitos eleitos tem tudo a ver com o futebol. Dentre eles, destaco o deputado José Riva (campeoníssimo em votos), que criou a AFAM. Outro eleito, é Baiano Filho-ex-secretario da SEEL e ex-vereador em Sinop. Tomara que Riva não tenha perdido o "tesão" pelo futebol e pelo Mixto e de prosseguimento ao projeto liderado por ele e por Eder Moraes. De Baiano, se espera que pelo menos ele reorganize o Sinop e coloque outra pessoa no lugar do "enrolado" Altair Cavaglieri. Se Baiano quiser, monta um grande time, pois até o Estádio Gigante do Norte ele reformou.

    Já em Sorriso, com Mauro Savi e Zé Domingos reeleitos, se espera uma injeção no SEC, fazendo o "Lobo" voltar ao grandes e bons tempos de 1992/93 (bi-campeão). Vale lembrar, de que o Estádio Egidio Preima também precisa de uma reforma. Em Rondonópolis, Barreto (narrador esportivo da Rádio Clube) Sebastião Resende, Wellington Fagundes, Carlos Bezerra e Teté Bezerra, também foram eleitos e devem ao futebol de lá. Por isso, o troco deve vir em investimentos no futebol. Em Cáceres, só tem um jeito de arrumar as coisas. A primeira delas é torcer para Pedro Henry (80 mil votos) não ser cassado e que ele se lembre das origens. Afinal, ele apareceu no cenário como médico do cacerense.

    Aqui em Cuiabá e Várzea Grande, foram eleitos Walter Rabelo, Wallace, Julio Campos, Guilherme Malouf, todos com passagens pelo futebol. Não é possível que Mixto e Operário não mereçam uma "ajudasinha". Só para lembrar, Julio Campos foi até presidente da FMF, Walter Rabelo é "tarado" por futebol e quis ser goleiro. Malouf chegou a projetar ser presidente do Mixto, nos tempos de Reginaldo Amorim e Wallace está ligado umbilicalmente ao Operário. É hora de pensar na bola...de futebol. Primeiro, liberar o dinheiro da SEEL e forçar Orione em arrumar a segunda vaga para a série "D".

    Fonte: Orlando Antunes/Futebol Press

    ResponderExcluir

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!