sexta-feira, 12 de novembro de 2010

MIXTO PERDE PARA O RIVAL, DEIXA A COPA MT E SONHO DA COPA DO BRASIL

1
O Mixto encerrou na tarde de ontem a participação na Copa Mato Grosso em um clássico contra o Operário. O jogo terminou em 3 a 1, com gols de Renato para o Mixto e Kal, Paulinho e Jakson para o time várzea-grandense. A partida aconteceu no estádio Presidente Dutra em Cuiabá.
O jogo começou com atraso de 14 minutos e mais um de luto pela morte da irmã de Adriano Paulista. Aos 7 minutos, Tito cabeceia dentro da pequena área, a bola sobe e saí pela linha de fundo. Aos 9, Renato é derrubado e Parral cobra falta em jogada ensaiada, só que a bola não entra.

Aos 12, Felipe chega sozinho mas a bola também sobe. Aos 17, Tito cruza para Buiu que manda no lado esquerdo do goleiro. Logo depois, Renato é derrubado na entrada da pequena área, Eduardo  cobra mas a bola desvia.

O primeiro gol do Operário chega aos 34 quando Kal cobra falta do meio de campo, a bola vai direto no canto esquerdo do goleiro Walisson, sem chance para defesa. Aos 39 é a vez do Mixto marcar. Adriano Paulista cruza e Renato faz de cabeça. Aos 43, Natanael cobra falta lateral e a bola passa rente as traves do lado esquerdo do goleiro Walisson.

Já no segundo tempo, Barbieri resolve substituir Danillo por Douglas. Aos 6 minutos Buiu, mesmo impedido, chuta forte e a bola bate na trave. Aos 10, Lê é derrubado na pequena área. Kal cobra mas a bola vai por cima. Pouco tempo depois, o Operário resolve realizar duas substituições: Paulinho no lugar de Tito e Euclides em substituição a Bento.

Aos 17, Parral cobra falta perigosa mas a zaga desvia. Aos 20 o mesmo jogador é expulso. Aos 22, Willian cobra falta e a bola vai por cima das redes. Aos 31, Cleiton chuta, Eduardo cruza e Renato manda por cima. Aos 33, Paulinho chuta em cima do goleiro Walisson.

Aos 35, o time alvinegro faz mais uma substituição com Elvis no lugar de Adriano Paulista. Já se caminhando para o final da partida, em lance de pressão do alvinegro, a bola bate no árbitro Da Mata e acaba virando um contra-ataque operariano. Paulinho aproveita, chega sozinho e bate forte a esquerda do goleiro alvinegro e faz o segundo do Operário. Já no finalzinho da partida, no rebote do goleiro Walisson, Jackson marca o terceiro.

De acordo com o presidente do Mixto, Márcio Pardal, hoje a diretoria deve realizar uma reunião com a comissão técnica e demais membros da equipe para definir o planejamento de 2011.

FICHA TÉCNICA:
- Mixto 1 x 3 Operário
- Local: Estádio Presidente Eurico Gaspar Dutra (DUTRINHA)
- Horário: 16h (11/11/2010)
- Público pagante: 527 pessoas
- Renda: R$ 4.335,00 (Despesas pagas à FMF: R$ 7.138,00 - Prejuízo: R$ 2.803,00)
- Arbitro: Edilson Ramos da Mata (Cuiabá)
- Assistentes: Lincon Ribeiro Taques (Cuiabá) e Fábio Rodrigo Rubinho (Várzea Grande)
Gols: Kal, aos 24'/1T (Operário), Adriano, aos 44'/1T (Mixto), Pauylinho, aos 32'/2T e Jackson, aos 44'2/T (Operário)
- Escalações:
. Mixto: Wallison, Danilo, Chimoio, Eduardo e Cleiton; Felipe, Odail, Parral e Willian Kremer; Renato e Adriano Paulista
Técnico: Barbieri
. Operário: Pereca, Marcio jr., Kal, Macaco e Natanael; Jamba, Le, Bento e Jackson; Buiu e Tito
Técnico: Eder Taques

Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Mixto EC - Foto: Walter Machado/Futebol Press
12/11/2010
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

Um comentário:

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!