sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

“Ninguém me atende. Precisamos de uma posição". Hélio não consegue falar com a Afam

0
O destino e a participação da Afam no Mixto a partir de 2011 se transformou em grande dúvida. Depois de anunciar que se afastaria do futebol, mantendo apenas a função de arrecadar recursos de patrocínio, e acusada de ainda dever pelo menos dois meses de salários ao técnico Luiz Carlos Barbieri e à vários jogadores, a Associação tem se omitido totalmente no processo eleitoral do clube. Hélio Machado, presidente do Conselho Deliberativo, reclama que não consegue falar “com ninguém”.

Mantendo a expectativa de ver Márcio Pardal na presidência por mais um biênio, Hélio Machado conversou na noite desta quinta-feira com o deputado José Riva, há muitos anos um dos principais colaboradores do Mixto – como também de outros clubes. “Ele reafirmou que não pretende participar da diretoria, mas garantiu que continuará dando todo apoio possível. Vai, inclusive, ajudar neste momento de dificuldade para encontrar alguém para assumir a presidência. Deve ir à reunião de segunda-feira”, relatou Hélio.

Já sobre a Afam, o presidente do Conselho se mostrou chateado. “Ninguém me atende. Precisamos de uma posição da Associação sobre o futuro do clube, mas está difícil obter um retorno”, reclamou.

No início da semana, o diretor financeiro da Associação, Vivaldo Lopes, disse, por telefone, à uma produtora da TV Record que não faz mais parte da Afam. Eder Moraes, presidente da entidade, há muito tempo tem se esquivado de falar sobre o Mixto.

Fonte: Davi Cézar/Craques do Rádio
17/12/2010
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!