quinta-feira, 13 de janeiro de 2022

Parceria Mixto/Ivo 10 avalia como positiva campanha encerrada na primeira fase

0


O Vale do Taquari teve em 2022 pela primeira vez um representante na maior competição de base do mundo. A caminhada da Ivo10 na Copa São Paulo de Futebol Júnior encerrou logo na primeira fase, mas colocou a equipe de Teutônia em um patamar único na região. A missão agora é seguir expandindo fronteiras.


O projeto Ivo 10 e Mixto EC

O projeto de participação na Copinha surgiu em parceria com o Mixto, de Cuiabá, junto da CSR Sports. Os trabalhos preparativos iniciaram no Centro de Treinamento da Ivo10, em Teutônia, e tiveram a duração de 60 dias antes da estreia. A seleção de atletas contou inicialmente com 35 jogadores oriundos da região, somados aos indicados pela equipe do Mato Grosso. Todos nascidos entre 2001 e 2006. Ao final do processo de preparação, 30 atletas viajaram para Jaú, sede do Grupo 10 da Copinha.


A participação na Copinha

Era sabido que o caminho na primeira fase seria árduo. O Mixto/Ivo10 caiu no grupo junto de Grêmio, XV de Jaú, time sede, e Castanhal, do Pará. O primeiro jogo, logo contra o Tricolor Gaúcho.

“Encaramos logo de cara o atual vice-campeão. Nossos atletas, mesmo com pouca idade, venceram o nervosismo e tiveram uma atuação sólida”, destaca o diretor executivo João Bandeira. Em campo, derrota por 2 a 0, mas boa atuação.


No segundo jogo, diante do XV de Jaú, a equipe conseguiu somar o histórico primeiro ponto. A partida foi marcada por um campo muito encharcado e o estádio lotado de torcedores do time da casa. Na avaliação de Bandeira, o desgaste da estreia impediu a equipe de conquistar a primeira vitória.


Na terceira partida, diante do Castanhal, o time da região esteve a uma vitória de conquistar a sonhada classificação. No entanto, a equipe paraense, formada por atletas mais velhos e com rodagem pelo país, levou a melhor e venceu por 3 a 1. “Foi o embate entre o entusiasmo da juventude contra a experiência. O resultado não veio, mas acreditamos no potencial dos nossos meninos”, destaca o diretor executivo.


Experiência adquirida

Em um curto período de trabalho, uma vez que foi fundada menos de 10 meses atrás, a Ivo10 Academy Brazil já marcou território com o pioneirismo na Copinha, agora o desafio é manter a linha de trabalho.

“Nossa expectativa era contrariar a lógica e não só sermos pioneiros na região em participação na maior competição de base do mundo, mas avançar de fase. Infelizmente não foi possível, mas fica a satisfação pelo aprendizado e a certeza de que a experiência adquirida servirá de base para as próximas edições”, pontua Bandeira.


Fonte:  Caetano Pretto/ A Hora

Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário