sexta-feira, 17 de junho de 2022

É decisão! Com entrada gratuita, Mixto e Cuiabá duelam neste sábado 15h para decidir quem passa e quem vai embora no Brasileiro Feminino

2

Mixto e Cuiabá fazem jogo decisivo neste sábado no Dutrinha, a partida que acontece às 15h decide quem avança e quem se despede do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino Série A3. No primeiro duelo, empate por 1 a 1. Agora, com mando do Mixto, a diretoria decidiu liberar os portões do estádio e a fanática torcida mixtense promete lotar a arquibancada.

A torcida Boca Suja está mobilizando os torcedores para o confronto. 

— Bora invadir o Dutrinha novamente galera, apoiar no sábado as Tigresas —, convocou a liderança Dezinho.

O gestor Dorileo Leal também chama o torcedor para apoiar as Tigresas e destaca a gratuidade na entrada como retribuição ao torcedor.

— O Mixto feminino precisa muito da sua apaixonada torcida neste sábado, 15 horas, contra aquele que vai se apresentando como grande rival, o Cuiabá. Uma partida decisiva pelo Campeonato Brasileiro A-3. Um jogão eliminatório. Quem perder vai para casa e cai fora do Brasileiro. Mais uma vez a direção do Mixto pensa no seu torcedor e resolveu não cobrar ingresso no jogo. Entrada gratuita! Diferente do Cuiabá que cobrou caro no primeiro jogo e praticamente ninguém foi ao jogo —, anunciou Leal.

Um novo empate leva a decisão para a cobrança de pênaltis. Quem vencer o clássico enfrentará o vencedor de Atlético Goianiense e Vila Nova-GO, no primeiro confronto o Vila ganhou por 2 a 0.

Fonte: MixoNet. Ilustração: Assessorie Mixto EC
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

2 comentários:

  1. Na última vez em que estive em Goiânia, conversei num shopping com uma moça que tinha jogado futebol num clube lá, não lembro o qual. Acho que era Goiás. Quando falamos que morávamos em Várzea Grande/Cuiabá, dizia ela que o Mixto Feminino era muito conhecido e respeitado por lá em Goiânia. Olha que isto tem já uns oito anos ou mais. Essa camisa tem peso também no feminino. Portanto, meninas, vamos à luta. Até o último minuto. Nada de fazer gol e relaxar. Fazer gol e continuar dando combate e fazendo mais gols de preferência.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela democratização do jogo feminino aos torcedores. Mixto, time do povo.

    ResponderExcluir