sábado, 3 de fevereiro de 2024

Mix-Cuia: Técnico do Cuiabá diz que gramado do Dutrinha pode machucar seus jogadores e beneficia "equipe inferior"

2


O treinador do Cuiabá Esporte Clube, António Oliveira, demonstrou preocupação com a integridade física dos atletas do clube em razão do polêmico e desgastado gramado do Estádio Municipal Eurico Gaspar Dutra, o Dutrinha, que será palco do duelo clássico contra o Mixto neste domingo (4).


Conforme o treinador, o gramado pode interferir diretamente no desempenho do time em campo, principalmente analisando fisicamente a condição de cada jogador. No entanto, garantiu que isso não é desculpa e que o clube se esforçará para garantir a vitória.


— O gramado é algo que evidentemente nos preocupa por duas vertentes: a primeira em termos daquilo que é pôr a integridade física dos jogadores e isso me preocupa porque a temporada é muito longa e tem muitos jogos. A outra tem a ver com a qualidade de jogo que isso sempre beneficia a equipe que é inferior. De qualquer forma não vamos nos agarrar a desculpas, vamos agarrar a resultados e estaremos lá para competir com um adversário que respeitamos, mas queremos conquistar mais uma vez a vitória —, disse o treinador.


Neste domingo (04), o estádio receberá o clássico Mixto e Cuiabá, às 18h, pela 5ª rodada do Campeonato Mato-grossense. O duelo é considerado como direto, já que as equipes estão separadas por um ponto na tabela de classificação. O Dourado é o segundo colocado, com oito pontos conquistados. Com um ponto a menos, o Tigre ocupa a terceira colocação, com sete.


Fonte: Fred Moraes/Única News

Author Image
Publicado por: MixtoNet

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

2 comentários:

  1. Falou a capivara superior, a capivara súdita do Rei Sol. A capivara que só anda no seco.

    ResponderExcluir
  2. A declaração dele sobre "equipe inferior" soa preconceituosa e indecente. Fala tipicamente de mentalidade colonizadora.

    ResponderExcluir

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!