quinta-feira, 28 de março de 2024

Mixto confirma retorno de atletas lesionados; Geovani não tem fratura e gera alivio

5

O departamento médico do Alvinegro trabalha para ter o camisa 10 em campo contra o Luverdense.


(Foto: Gabriel Duenhas)


O trabalho de recuperação dos atletas é intensivo no Mixto. O volante Raphael Toledo, que não atuou diante do União, está recuperado e treinando normalmente. Michael também está de volta aos trabalhos. O meia Geovani não teve fratura no tornozelo e segue em tratamento para poder ter condições de jogo diante do Luverdense.


O Mixto inicia a disputa pelo terceiro lugar do Campeonato Mato-grossense contra o Luverdense neste sábado, às 18h, no estádio Dutrinha. O Tigre luta para confirmar a vaga na Série D do Campeonato Brasileiro de 2025.


O técnico Ito Roque tem essas indefinições ligadas ao DM para escalar a melhor formação. Geovani teve uma torção no tornozelo ainda no primeiro tempo da semifinal contra o União, mas o exame não constatou fratura. O atleta tem feito tratamento e espera poder entrar em campo contra o LEC.


Toledo sentiu lesão muscular na coxa no jogo de ida da semifinal, não jogou na volta, mas pode ser a novidade para a disputa de 3º lugar. Michael também está recuperado e treinando normalmente. Sua última partida foi no jogo de ida das quartas de final contra o Operário.


O Mixto faz mais dois treinos – tarde de quinta e manhã de sexta – antes do confronto diante do Luverdense, que vale a terceira colocação do Mato-grossense.


Fonte: Mixto EC

Author Image
Publicado por: MixtoNet

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

5 comentários:

  1. Vitinho, ex-ASA, hoje no Luverdense se mostra um ponta direita com alguma agilidade, mas perde o fôlego após a arrancada e em geral não completa com perfeição os passes e cruzamentos, não construindo bem as jogadas. Foi assim no ASA contra o CRB na final do Alagoano 2023. Por isto de vez em quando ele tem arriscado dar chutes de longe, no Estadual de Mato Grosso. Mas acreditamos que Igor Vieira está no mesmo nível. Vitinho tem mais físico, mas Igor Vieira é mais completo, além de também goleador. Igor faz ótimas assistências, e espera-se que o ataque do Mixto siga junto nas jogadas. Mixto tem também Marquinhos do Sul, igualmente ágil e veloz .Difícil para a defesa adversárias, mas o ataque do Mixto precisa chegar junto na velocidade tanto de Igor quanto de Marquinhos do Sul. Ito Roque tem que colocar Marquinhos do Sul e Igor juntos, pois Igor sendo mais versátil pode jogar mais pelo meio. Essa defesa do Luverdense levou quatro gols desse Cuiabá. Nenhum clube conseguiu perder pro Cuiabá com esse número de gols.

    ResponderExcluir
  2. Luverdense fez três gols no jogo contra o Cuiabá, mas o goleirão Valter cometeu um erro grotesco no primeiro gol do Luverdense: rebateu uma bolinha de chute fraco. O segundo gol do Luverdense foi bonito, mas o terceiro foi praticamente dado pela defesa do Cuiabá pro time de LRV já no final do jogo.

    ResponderExcluir
  3. Naum é jogo pra jogar, é jogo pra vencer, vencer e vencer

    ResponderExcluir
  4. Lucas e Lucas, lance é só Dorileo investidor abrir o bolso? Por que o MixtoEC, além dos recursos do investidor, não vincula outros patrocinadores? Dorileo tem grande poder de articulação, mas precisa se acercar de gente mais dinâmica nesse Grupo Gazeta. O que não fazem no Mixto é o que não fazem na Gazeta.

    ResponderExcluir
  5. concordo, o cuiabá praticamente deu dois gols de presente pro luverdense, tudo treta, o valter rebater aquela bolinha chocha no primeiro gol não convence ninguem, mixto tem que pegar esse luverdense e mostrar quem manda em campo

    ResponderExcluir

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!