sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Athos e Valderrama disputam a vaga no meio campo. Mixto terá folga após a 1º fase

5
O Mixto volta aos gramados no próximo domingo para enfrentar o Vilhena (RO). Um desfalque já é certo: o meia Cleiton que sofreu uma contratura muscular durante o jogo do último domingo não deve entrar em campo. Além da lesão ele está com problemas familiares. Para ocupar a vaga deixada pelo jogador, o técnico Luiz Carlos Barbieri deve decidir entre Athos e Valderrama.
Responsabilidade de camisa 10. “O Athos já está recuperado e em plenas condições de começar jogando, o Valderrama tem trabalhado muito e se destacado nas vezes que entrou em campo. Vou definir isso só amanhã”, explicou o treinador.
De acordo com Barbieri, indiferente de quem entrar em campo, o esquema tático permanece o mesmo. “O jogo é difícil e temos de respeitar o adversário. Mas o grupo está confiante e deve partir para o ataque”.

Quem partilha das palavras do treinador é o volante Amaral. Ele, que está como titular absoluto durante todas as partidas do Tigre, garante que o time vai com agressividade para cima do adversário. “Sabemos que eles vem para o tudo ou nada e não podemos dar chance. É preciso jogar com inteligência e bloquear o ataque. Só assim vamos permanecer na liderança”.

Para garantir o lugar na equipe titular o jogador tem tomado todas as precauções. “Tenho me cuidado muito e para me manter fisicamente forte e evitar qualquer lesão. Graças a Deus o resultado tem sido muito positivo”, afirmou. Não apenas ele, mas todo o grupo Mixtense tem brigado para se manter firme na competição. “O esforço é coletivo para subir e já começamos ver que as coisas estão acontecendo”, concluiu.


MIXTO TERÁ FOLGA APÓS A 1º FASE
Depois dos próximos dois jogos o Mixto tem duas semanas de pausa na competição. “A partir do dia 22, ai nós vamos dar uns dias para eles descansarem e recuperarem e depois voltamos a treinar firme dando continuidade aos trabalhos”, explicou o treinador.

É normal essa pausa durante a semana, principalmente porque o grupo vem num ritmo forte de treinos e jogos. Eles precisam ter um tempo para se recuperar”, explicou.

Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Mixto EC
12/08/2010
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

5 comentários:

  1. NOVOS TITULARES VÃO SE FIRMANDO

    O meia Valderrama, revelado pelo Palmeiras do bairro Porto, tem grandes chances de ser o titular no jogo do Mixto diante do Vilhena (RO) neste domingo, às 17h, no Dutrinha, pela penúltima rodada da fase classificatória do Brasileirão da Série D. Quando acionado pelo técnico Luiz Carlos Barbieri, o jogador cuiabano tem correspondido a altura. William Kremer e Athos correm por fora na briga pela camisa 10.

    NO GOL:
    O goleiro Laênio aos poucos vem ganhando a condição de titular com o afastamento de Mauro, que se recupera de lesão no pé direito. Com poucas oportunidades desde quando chegou no clube em 2009, o atleta já vai para seu quarto jogo como titular da camisa 1. Em três jogos disputados na Série D, Laênio só levou dois gols, ganhando desta forma a simpatia, tanto da exigente torcida alvinegra como de seus companheiros.

    Fonte: A Gazeta

    ResponderExcluir
  2. O Valderrama já vimos jogar,e é bom,tem futuro em qualquer time, agora está na hora do tal Athos, tem que ter oportunidade agora, outro que também tem que entrar é Kramer

    ResponderExcluir
  3. Tendo como problema apenas o meia-ala Cleiton que está fora do jogo, Barbieri faz mistério para definir o time para domingo, quando pega o Vilhena no Dutra. Em pincípio, Valderrama seria o substituto imediato. Porém, até por cobrança da torcida e parte da imprensa, ele pode optar por começar o jogo com o meia Athos, que jogou apenas 5 minutos contra o Náuas. Nas demais posições, o time será o mesmo que vem jogando: Laênio, Parral, Eduardo, Sérgio Rafael e Fabinho; Amaral, Bruno Lança, Verona e Athos; Patrick e Zumbi.

    Nesta partida, Barbieri deve pedir aos jogadores pendurados (2 amarelos), para que forcem o terceiro, devendo cumprir automática contra o Vila Aurora na última partida da fase. Neste caso, se encaixa o volante Verona, que começaria a segunda fase, zerado. O apronto final será na sexta-feira, quando serão definidos também, os que comporão o banco de reservas.

    Vilhena queria cancelar a partida.

    Com mínimas possibilidades de ainda tentar uma classificação (vencer as duas partidas e ainda torcer para o Vila Aurora perder suas duas
    partidas), o Vilhena queia cancelar o jogo, evitando prejuizos financeiros. Como a CBF não acatou o seu pedido, a delegação chega no sábado, sem Robinho que quebrou o braço e com apenas 16 pessoas, incluindo atletas e comissão técnica.

    Fonte: Orlando Antunes/Futebol interior

    ResponderExcluir
  4. po cade o kremer,ele sempre resolveu qdo precisamos.

    ResponderExcluir

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!