quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Presidente interino da FMF vai pedir a CBF uma segunda vaga para MT na Série D

2
O presidente em exercício da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), João Carlos Oliveira, afirmou que tentará uma segunda vaga para Mato Grosso no Campeonato Brasileiro da Série D em 2011. O dirigente revelou ter um encontro agendado com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, para o fim deste mês, no Rio de Janeiro. Na oportunidade, ele pretende convencer Teixeira a abrir mais espaço para o futebol mato-grossense na Quarta Divisão nacional.

Em substituição ao titular Carlos Orione, João Carlos ressalta que há vários argumentos para a CBF ceder uma vaga para o Estado. Um deles seria o fato da FMF ocupar a 22ª colocação no ranking da entidade. O outro seria Cuiabá como uma das 12 sedes a receber a Copa do Mundo de 2014.

João Carlos Oliveira - Pres. interino da FMF
Para o atual presidente da federação, a capital do Estado, por ser uma das sedes do Mundial, têm que ter pelo menos um clube nas principais divisões do futebol brasileiro: Séries A e B.

"Quero mostrar ao Ricardo Teixeira a necessidade de Cuiabá ter um clube pelo menos na Série B até 2014. E isso só será possível se a CBF abrir uma segunda vaga para ao Estado disputar a Série D. A capital não pode ficar sem futebol de primeira no ano da Copa do Mundo em Mato Grosso", disse o dirigente.

Apesar do pedido a ser feito ao mandatário do futebol nacional, João Carlos faz questão de ressaltar que a vaga não seria destinada apenas aos clubes da Baixada Cuiabana. Segundo ele, ela (a vaga) seria disputada por todos os clubes que fazem parte da Primeira Divisão do Campeonato Mato-grossense.

"A vaga é para aumentar as chances dos times de Cuiabá chegar a uma Série D. Com a eliminação do Mixto na segunda fase, perdemos um ano em nossa contagem para chegarmos na elite do futebol brasileiro. Acho fundamental Cuiabá ter um clube na A ou na B na época da Copa do Mundo. Temos que usar o nosso novo estádio da melhor maneira possível", enfatizou, ressaltando que os clubes do interior do Estado têm maiores chances de chegarem ao topo pelo fato de estarem ainda na disputa como os casos do Luverdense na Série C, Vila Aurora na D e o União, atual campeão mato-grossense, com vaga assegurada à próxima Quarta Divisão do Campeonato Brasileiro de 2011.

João Carlos Oliveira pretende levar o presidente licenciado Carlos Orione no encontro com Ricardo Teixeira. De acordo com ele, Orione é um grande reforço na tentativa de convencer a CBF a ceder a vaga para Mato Grosso. "O Orione tem muito prestígio".

Fonte:Luiz Esmael/A Gazeta
16/09/2010
Author Image
Publicado por: Fábio Ramirez

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

2 comentários:

  1. Com Carlos Orieone na presidencia 22º lugar é muito

    ResponderExcluir
  2. Todos sabem que apesar do Vila e do Luverdense poderem teoricamente chegar a Série B, na prática eles não se manteriam, ou se chegassem ninguém daria a mínima, pois não são times de massas. Só o Mixto na série B ou A poderia suprir esse vácuo no futebol matogrossense, o União também tem condições de cumprir essa tarefa, é um time de massas, mas tem um problema, é de Rondonópolis e não da capital. Então, na prática, só o Mixto pode representar MT. Por isso esta certo os esforços da FMF e do governo. Avante Mixtão, o futebol de MT depende de você!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!