quinta-feira, 14 de março de 2024

Geovani, Igor Vieira e Guilherme Teixeira: trio ofensivo marcou 13 dos 16 gols do Tigre

0

Ao iniciar a acirrada disputa por vaga à decisão do Campeonato Mato-grossense diante do União na Arena Pantanal, o Mixto irá apostar muito no bom momento do trio ofensivo para largar bem nesta reta decisiva. No próximo sábado, a comissão técnica e torcedores vão esperar muito dos meias-atacantes Geovani, Igor Vieira e o atacante Guilherme Teixeira.

Vivendo ótimo momento desde início do Estadual e ponto de desequilíbrio do técnico Ito Roque, os três jogadores são responsáveis pela maioria dos 16 gols marcados pelo Alvinegro nos 11 jogos disputados até agora. Juntando todos os tentos marcados, eles somam 13 gols. Os demais gols foram anotados por Cris Magno com dois e Rafael Toledo.

Quase 100% do momento da alegria passou pelos pés do trio ofensivo. Principal contratação para esta retomada do time no cenário nacional, o meia Geovani é o mais regular do trio.

No início do torneio regional, o jogador, xodó da torcida alvinegra, vem fazendo a diferença dando assistências para seus companheiros de ataque. Tanto é que Igor Vieira, ora improvisado como meia-atacante e até mesmo lateral-direito, chegou a marcar três gols nas primeiras rodadas.

Com o andamento do Estadual e ganhando ritmo a cada rodada que passava, Geovani e Guilherme Teixeira desandaram a marcar e serem defensivos na reta final da primeira fase do campeonato, quando a equipe mixtense necessitava a qualquer custo de classificação à segunda fase.

Com os gols decisivos na emocionante vitória de 3 a 2 e consequente na eliminação do arquirrival Operário, Geovani e Teixeira já chegaram a marca de cinco gols cada no Mato-grossense. Encostaram no atacante paraguaio Isidro Pitta, do Cuiabá. O estrangeiro chegou a liderar a artilharia nas primeiras rodadas. Contudo, Pitta parou de marcar na competição caseira.

Um dos poucos remanescentes do elenco da temporada passada, o meia -atacante Igor Vieira iniciou a competição ‘voando’. Chegou a ser principal válvula de escape no esquema de Ito Roque. Fez gols nos primeiros jogos, mas também foi para o sacrifício ao aceitar ser recuado algumas vezes para ajudar na marcação nas duas laterais - direita e esquerda.

Fonte: Luiz Esmael/Jornal A Gazeta. Fotos: Assessoria Mixto EC. Montagem imagem: MixtoNet
Author Image
Publicado por: MixtoNet

O MixtoNet é um portal mixtense independente, impulsionado pela torcida. Encontrou algum erro, tem sugestão de matéria? Envie para nós: mixto@mixtonet.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: identifique-se, comentários anônimos serão excluídos!